Como usar o Enem para entrar na universidade?

Saiba o que estudar para o vestibular do Mackenzie!

Desde que foi criado, no ano de 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vem tornando a vida das pessoas que desejam ingressar no Ensino Superior mais acessível. Por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade Para Todos (ProUni), o resultado na prova pode garantir uma vaga em universidades públicas e privadas de todo o nosso país.

Mudanças foram implementadas nos últimos anos, aperfeiçoando o método de avaliação e seleção. Com cada vez mais instituições aderindo aos programas públicos de ingresso ao Ensino Superior, preparar-se bem para fazer uma boa prova é cada vez mais primordial.

O que fazer com a nota do Enem?

(Fonte: Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Depois de surgir para avaliar a qualidade do ensino brasileiro, o exame nacional evoluiu e é, hoje, critério de seleção para admissão em instituições de Ensino Superior do Brasil e de Portugal. Em sentido figurativo, é como se o exame tivesse se tornado o maior vestibular coletivo do Brasil.

Para entender como utilizar sua nota na prova para ingressar em um curso de graduação, você primeiro precisa saber se ela vale para o Sisu e para o ProUni. Há, ainda, a opção de utilizar a nota para tentar financiar seus estudos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Usando a nota do Enem como vestibular

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Quem deseja ingressar na Universidade Presbiteriana Mackenzie pode utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio em vez de realizar as provas de vestibular tradicionais. Para tal, o candidato deve realizar a inscrição e inserir as informações de seu cadastro no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem.

O Mackenzie permite que você utilize as notas das provas nacionais realizadas nos últimos 3 anos (neste caso: 2021, 2020 e 2019). Caso tenha participado em mais de 1 ano, será utilizada a nota mais recente. Você não pode zerar a redação, ter faltado a algum dos dias de prova ou ter obtido menos de 200 pontos em qualquer área do conhecimento.

Não menos importante: o uso da nota do Enem no Processo Seletivo do Mackenzie não configura bolsa automática para os ingressantes e não tem relação com o ProUni ou Sisu. Para mais informações, acesse os editais completos dos vestibulares da instituição na área específica do site.

Como usar a nota no ProUni?

(Fonte: Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

Postulantes a uma vaga em instituições privadas brasileiras têm a oportunidade de ver seus estudos bancados integralmente ou em 50% pelo governo federal por meio de bolsas do ProUni.

Para utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio no ingresso ao Ensino Superior via ProUni, você deve se inscrever pelo site oficial. A inscrição é gratuita, mas leva em consideração alguns pré-requisitos:

Também podem se inscrever para uso da nota da prova professores de Ensino Básico da rede pública que estejam em exercício da profissão ou pessoas com deficiência (PCDs). Há exigência da comprovação de renda familiar bruta mensal por pessoa, de até 1,5 salário mínimo (bolsa integral) ou renda mensal per capita de até 3 salários mínimos (bolsas de 50%).

Como entrar na faculdade usando o Sisu?

(Fonte: Unsplash/Reprodução)
(Fonte: Unsplash/Reprodução)

O Sisu é um programa criado pelo Governo Federal para conceder vagas nas instituições públicas a candidatos que tenham prestado o Enem, que substituiu o vestibular em muitas instituições.

Dessa maneira, para participar, você deve ter prestado a prova recentemente, atingir a nota mínima exigida e não ter zerado a redação — não há exigência de comprovação de renda.

Ao longo de cada ano, são disponibilizados dois períodos para ingresso. Para acompanhar as datas, é necessário acessar o Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. A concorrência costuma ser acirrada, então o ideal é estar preparado para obter uma boa nota na prova, especialmente para carreiras na graduação que sejam mais concorridas.

Usando sua nota para obter financiamento estudantil

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)
(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Outra possibilidade que a participação no exame nacional confere é a de obter financiamento estudantil junto ao governo federal para cursar uma universidade. Desde a edição 2010 do exame, basta que o candidato obtenha média das provas igual ou superior a 450 pontos e não zerar na redação.

Como no caso do ProUni, é exigida comprovação de renda familiar mensal bruta, que não pode ser superior a três salários mínimos por pessoa. A inscrição também é gratuita e deve ser feita no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Quem obtém o financiamento começa a pagar as prestações após a conclusão do curso, respeitando seu limite de renda.

Leia também:

Fonte: Guia da Carreira, Brasil Escola, Portal Único de Acesso ao Ensino Superior, Mackenzie

Este conteúdo foi útil para você?

74030cookie-checkComo usar o Enem para entrar na universidade?