Como montar seu plano de carreira?

Cursar uma pós-graduação pode ser uma escolha natural para quem busca conquistar uma posição satisfatória no mercado de trabalho, mas, quando se fala em grandes objetivos profissionais, somente isso não é suficiente. É preciso pensar o roteiro profissional de modo mais amplo e, para isso, nada melhor do que desenvolver um plano de carreira.

O plano de carreira pode ser definido como um guia para seu futuro profissional. Cada plano é individual e segue as expectativas da pessoa para a qual é idealizado. Imagine como você planeja estar daqui a 2, 5 ou 10 anos. A partir daí, seus objetivos já podem ser definidos.

Chegou o momento de pensar sobre sua carreira. (Fonte: Pexels)
Chegou o momento de pensar sobre sua carreira. (Fonte: Pexels)

O alcance desses propósitos pode passar por várias conquistas: aumento de salário, promoção de cargo, mudança de emprego, mais conhecimento, desenvolvimento de habilidades e novas experiências.

A segunda etapa é estabelecer os passos para conquistar cada um desses propósitos. Uma das formas mais fáceis é criar metas de curto, médio e longo prazos: as primeiras são as que devem acontecer do momento atual até um período de três meses, as segundas entre os próximos 3 anos e as últimas em até 10 anos ou mais.

Quanto mais específicas as metas forem, mais fácil saber o que é preciso fazer para alcançá-las. O método SMART pode ser um caminho para defini-las. Ele determina que as metas sigam cinco critérios, sendo elas: específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais. 

Por exemplo, ao ingressar na posição de estagiário em uma organização na qual seu objetivo é assumir a diretoria, defina quais são os movimentos de crescimento de um cargo até o outro, saiba o que é preciso fazer, aprender e desenvolver para alcançar cada um, além do tempo específico que isso levará. Não se esqueça de lembrar por que isso é importante para você. 

Como colocar o plano de carreira em prática?

Com tudo o que planejou em mente, chegou o momento de transformar ideias em prática. (Fonte: Pexels)
Com tudo o que planejou em mente, chegou o momento de transformar ideias em prática. (Fonte: Pexels)

Depois de ter seu caminho bem definido, é o momento de arregaçar as mangas. Ir atrás de cursos de especialização e formações complementares, fazer networking e desenvolver habilidades de comunicação. Todas essas são atitudes importantes para fazer o plano de carreira sair do papel para a realidade.

O processo pode ser facilitado a partir da troca de informações com quem já realizou uma trajetória semelhante. Procurar por figuras que exercem posição de autoridade e admiração na sua área de interesse pode adiantar várias etapas.

Ao avançar profissionalmente, é imprescindível se fazer ser notado por quem pode representar uma fonte de oportunidades, seja um supervisor, chefe ou possível contratante. Aqui, vale o ditado: quem não é visto, não é lembrado. Redes sociais ou o próprio ambiente de trabalho podem ser espaços para realizar isso.

Plano de carreira na empresa

Depois de trabalhar para que os planos funcionem, é preciso renová-los ou adaptá-los. (Fonte: Pexels)
Depois de trabalhar para que os planos funcionem, é preciso renová-los ou adaptá-los. (Fonte: Pexels)

Também há o plano de carreira definido por uma empresa para seus funcionários. Nesse caso, os processos de crescimento e desenvolvimento partem da organização e não do profissional. Apesar de mais restrito, ele oferece mais segurança e estabilidade.

Antes de aceitá-lo, porém, deve-se avaliar a identificação com a empresa e a vontade de permanecer em uma mesma instituição por vários anos. Optar por esse caminho também pode limitar suas expectativas e conquistas.

Ter o planejamento de carreira em mente é uma prática que deve ser levada para os momentos mais relevantes da sua trajetória: tomadas de decisões, entrevistas de emprego, estabelecimento de contatos e até mesmo na escolha dos períodos de descanso. 

Por fim, vale lembrar que os planos para a carreira mudam de acordo com as transformações e experiências de cada pessoa. Sendo assim, todos esses objetivos podem ser atualizados ao longo do tempo. É comum, por exemplo, começar o plano como funcionário e ter o objetivo final de empreender.

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie!

Fonte: Site Ware.

Este conteúdo foi útil para você?

47560cookie-checkComo montar seu plano de carreira?

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos