Com a pandemia do coronavírus, empresas do mundo inteiro têm possibilitado que seus funcionários trabalhem em esquema de home office. A modalidade pode parecer tranquila, mas demanda muita disciplina e dedicação.  Quer saber se você está pronto para atuar mediante essa opção? Continue sua leitura!

Você vai perceber que, seja agora, nesse período de pandemia, seja em um momento em que você prefira trabalhar por conta para fazer seus próprios horários, o home office exigirá muito mais de você do que imagina.  

O seu trabalho permite?

(Fonte: Giphy)

Hoje em dia, muitas empresas deixam seus colaboradores escolherem se querem trabalhar a distância. Também existem tipos de trabalho que você pode fazer de casa, sem um vínculo empregatício, como ter um ateliê na garagem ou fazer traduções para diversos clientes por meio do computador.

Vale a pena fazer pós-graduação à distância?

Algumas atividades, no entanto, exigem sua presença em lugares específicos, o que impossibilita o home office.

Você é autossuficiente?

(Fonte: Giphy)

Trabalhando em home office você não terá um líder de equipe cobrando seus projetos o tempo todo. Nesse cenário, se você não construir a disciplina de se cobrar e se motivar para continuar produzindo, os negócios não vão prosperar. Então, quem não tem iniciativa e autossuficiência pode enfrentar problemas no regime de home office.

Sua família (ou seu colega de apartamento) apoia?

(Fonte: Giphy)

Essa pergunta é para quem não mora sozinho: seu cônjuge, seus filhos, pais ou colegas de apartamento vão dar o apoio necessário? Porque trabalhar em casa com pessoas fazendo barulho e pedindo favores o dia inteiro é muito mais difícil. Eles devem entender que, mesmo estando em casa, você não está disponível. E isso não é sempre fácil.

Você está preparado para a instabilidade?

(Fonte: Giphy)

Quem trabalha de casa sem vínculo empregatício precisa se planejar e se organizar muito para não passar dificuldades. Por isso, se o plano é ser autônomo, pense se você está preparado para oscilações — financeiras e emocionais.

3 dicas para quem quer trabalhar em casa

Se você acredita estar preparado para o home office, confira algumas dicas que vão ajudá-lo — seja você um colaborador de empresa ou um trabalhador autônomo.

1. Tenha rotinas

(Fonte: Giphy)

Muitas pessoas querem trabalhar em casa porque acreditam que vão poder acordar tarde e trabalhar de pijama o tempo todo. Mas esse comportamento acaba com a sua produtividade. Encontre uma rotina que funcione bem para você e tenha disciplina para segui-la todos os dias. Inclusive, defina um horário para sair do trabalho — aquele momento em que você vai se desligar de tudo e se voltar para a vida pessoal.

2. Tenha um local de trabalho

(Fonte: Giphy)

Escolha um local específico que será o seu escritório, onde ninguém possa atrapalhá-lo, de preferência, um cômodo silencioso e que possa ser trancado. Organize seu espaço com tudo de que precisa para trabalhar e o deixe com a sua cara, tornando-o um estímulo para entrar no “modo trabalho” e não perder o foco.

3. Organize-se

(Fonte: Giphy)

Já que você não tem uma lista de tarefas pré-determinadas por um chefe, crie a sua própria. Abuse de agendas, aplicativos, anotações, calendários e planejadores para se manter sempre em dia com seus objetivos. Lembre-se de ser um bom líder e um bom colaborador.

Trabalhar em home office pode ser uma experiência desafiadora. Mas, se tiver a ver com seu perfil, vale a pena tentar!

Ah, e só para conscientizar: já que falamos do coronavírus, uma dica excelente é o aplicativo desenvolvido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que comunica informações sobre o COVID-19 e oferece uma triagem virtual, indicando se é necessária ou não a ida a hospitais. O app está disponível para Android e iOS e é gratuito!

Leia também:

Como estabelecer prioridades com as demandas do trabalho

6 sinais de que você está na zona de conforto e como sair dela

7 livros online para entender tudo sobre Direito Tributário

Confira mais dicas para potencializar sua carreira!