Como a pandemia tem alterado o mercado de trabalho?

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie

Em pouco tempo, a pandemia de covid-19 alterou o cenário econômico global. Dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) projetam uma desaceleração de 3% na economia mundial: a maior desde a grande depressão de 1929. Para o Brasil, a projeção é ainda pior: 5,3%.

Leia mais sobre mercado e carreira

O reflexo já é sentido no mercado de trabalho nacional. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) aponta que 88% das 13 milhões de pequenas empresas brasileiras (que correspondem a 30% do PIB e empregam mais de 21,5 milhões de pessoas) já sofrem com queda no faturamento. Esse cenário transforma a expectativa das empresas em relação aos profissionais. Uma expectativa que já era alta.

Empregabilidade e qualificação

Laptop, Computador, Navegador, Pesquisa, Estudo, Escola
A pós-graduação pode destacar seu currículo em um mercado ainda mais competitivo. (Fonte: Pixabay)

Dados da Pnad Contínua (IBGE) e da RAIS (Ministério do Trabalho) mostram, por exemplo, uma estreita relação entre educação e empregabilidade no Brasil. Pessoas com diploma de nível superior têm 2,2 vezes mais chances de estarem empregadas do que quem tem apenas o Ensino Fundamental ou o Médio. Ou seja, quanto maior é o nível de escolaridade, menor é a chance de ficar desempregado em meio à crise.

Nesse contexto marcado pela concorrência, um caminho que pode destacar seu currículo é investir na pós-graduação. Dados de uma pesquisa conduzida pela Catho Educação mostram que para cargos de analista, por exemplo, a pós-graduação stricto sensu pode acarretar um aumento de 118%. Não é difícil perceber, portanto, que uma pós-graduação pode ajudar a atender às demandas do mercado pós-pandemia.

Adaptabilidade

A adaptabilidade a contextos tecnológicos e a rotinas flexíveis, como o home office, também será uma competência muito buscada no mercado daqui para frente. O CEO da Heach Recursos Humanos, Elcio Paulo Teixeira, menciona que saber lidar com a tecnologia para responder a demandas das empresas com agilidade será fundamental.

O que é um plano de carreira e qual é sua importância?

A pandemia mostrou que trabalhar em casa deverá ser parte da rotina de muita gente. Para Luciana Calegari, especialista em Recrutamento e Seleção da empresa Vagas.com, várias organizações notaram a redução de gastos que o regime de home office proporciona e, portanto, essa modalidade pode vir a fazer cada vez mais parte do cotidiano.

Nesse novo cenário, será preciso montar uma estrutura adequada de iluminação e ergonomia, estação de trabalho com computador, Wi-Fi de qualidade, celular e, sobretudo, e um mindset que permita organização e rotina bem definidas.

Home Office pode ser o novo normal
Mais pessoas deverão trabalhar em esquema de home office ao fim da pandemia. (Fonte: Pixabay)

As empresas também deverão se adaptar ao mundo digital cada vez mais rápido. Afinal, atividades que não eram vistas como online passaram por essa transformação (como fazer compras de mercado).

E, para se destacar no mundo digital, não bastará apenas dominar ferramentas, mas também construir boas relações com clientes, colegas e consumidores, aprimorando o networking. Nesse contexto, competências como comunicação clara e objetiva, gestão de tempo e de atividades, criatividade, adaptabilidade e resiliência e inteligência emocional serão mais do que bem-vindas.

Fonte: Vagas.com, Estado de Minas, Instituto Semesp, Administradores.com e G1.

Conheça mais sobre os cursos de pós-graduação do Mackenzie

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0