O que é PIB per capita?

Saiba o que estudar para o vestibular do Mackenzie!

Basta ligar o telejornal para começar a chuva de palavras em “economês”: PIB, superávit primário, taxa Selic, Ibovespa… é tanto termo que fica difícil de se localizar, não é? Por isso, é importante se informar sobre esse universo. E vamos começar pelo conceito de Produto Interno Bruto (PIB) per capita.

Conheça melhor o tema e entenda por que ele é tão importante quando se fala em economia brasileira.

O que é PIB?

O PIB se refere à soma de toda a riqueza produzida em uma região. (Fonte: Shutterstock/Jo Panuwat D/reprodução)
O PIB se refere à soma de toda a riqueza produzida em uma região. (Fonte: Shutterstock/Jo Panuwat D/reprodução)

Para entender o que é o PIB per capita, vamos por partes. A sigla se refere a Produto Interno Bruto e corresponde à soma de toda a riqueza de uma região. 

Isso quer dizer que toda a riqueza do país é contabilizada em um único bolo. Isso vale do seu tio que vende carros até seus pais que são comerciantes ou seu primo que trabalha como profissional liberal. Toda a renda que circula está nessa conta, seja vinda de produtos, seja oriunda de serviços.

Para se ter ideia do quanto isso significa, o PIB brasileiro em 2020 foi de US$ 1,44 trilhão. Algo muito próximo do que produz a Rússia, por exemplo, e quase 4 vezes a produção dos vizinhos argentinos. No mesmo período, os Estados Unidos somaram um PIB de cerca de US$ 21 tri, quase 15 vezes mais do que o Brasil.

O que é PIB per capita?

Em termos simples, o PIB per capita é a soma do PIB dividida pela população da região mensurada. Mas o que isso significa?

O Brasil tem um PIB maior do que o da Argentina, mas é verdade que esse país tem menos habitantes do que o Brasil. Ao mesmo tempo, o PIB brasileiro é bem menor do que o dos Estados Unidos, cuja população é maior que a daqui. Então, para mensurar as grandezas, os economistas optaram por criar essa forma de comparação.

Voltando aos exemplos anteriores, veja como fica o PIB per capita de cada um dos países citados:

Contextualizando o PIB per capita

O PIB per capita inclui a riqueza da economia informal. (Fonte: Shutterstock/Roberto Epifanio/reprodução)
O PIB per capita inclui a riqueza da economia informal. (Fonte: Shutterstock/Roberto Epifanio/reprodução)

Como você pode perceber, esses números são um pouco confusos, mas eles são bastante úteis em termos econômicos, precisando ser desdobrados e ponderados com outros dados. 

Um exemplo disso é o fato de que, ao dividir o PIB total pelo número de habitantes, mede-se uma estimativa de quanto cada pessoa produziu de riqueza no ano. No entanto, essa média desconsidera a desigualdade social: afinal, de que forma essa riqueza realmente se divide entre as pessoas? Isso não é respondido pelo indicador. 

Outro ponto interessante é o de que a Argentina tem um PIB per capita maior do que o do Brasil, mas esse indicador é apenas parte do cenário mais geral. O Brasil tem uma dívida pública bem menor que a do seu vizinho e tem reservas internacionais bem maiores do que os hermanos. Assim, o real “derrete” menos do que o peso argentino, que sofre com inflações que o Brasil não vê desde o início do Plano Real.

Além disso, a Argentina tem o mesmo tamanho demográfico que o estado de São Paulo. E, enquanto os argentinos têm um PIB de US$ 383 bi, os paulistas somam US$ 600 bi no seu PIB. 

É por isso que o PIB per capita é fundamental, mas não é suficiente para fazer um raio X da economia de uma região. Para compreender o panorama geral, vale a pena ficar de olho em outros conteúdos que também abordam o mundo da economia!

Fonte: Significados. 

Este conteúdo foi útil para você?

60791cookie-checkO que é PIB per capita?