Inutilia truncat: o que é este conceito que marcou o Arcadismo

Saiba o que estudar para o vestibular do Mackenzie!

Já ouviu falar na expressão Inutilia truncat? O termo em latim significa “tirar o inútil” e pode ser fundamental para entender o movimento literário do Arcadismo, juntamente dos mais famosos Fugere urbem e Carpe diem. Mas antes de mergulhar nas características deste estilo vamos entender o contexto do seu surgimento.

O Arcadismo louvava a vida simples e bucólica. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
O Arcadismo louvava a vida simples e bucólica. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Contexto histórico

Durante os séculos XVI e XVII, as principais manifestações artísticas da Europa, como a arquitetura, pintura, literatura e música, foram dominadas pelo estilo Barroco. Ele era caracterizado pelos excessos, tudo era extremamente detalhado, repleto de ornamentos e de adornos. 

Apesar da forte influência religiosa, principalmente com a centralidade que a Reforma Protestante (1517) e a Contrarreforma (1545-1563) causaram no mundo, o estilo também exaltava os prazeres sensoriais. Dessa forma, as obras eram marcadas pela oposição e pelo conflito, quadros apresentavam temáticas religiosas, mas marcados por corpos nus. A luz e a sombra eram usadas com alto-contraste, gerando reflexões sobre o mundo espiritual e o carnal, o pecado e o perdão, e a fé e a razão.

Com a chegada do século XVIII, o mundo via constantes transformações sociais acontecendo. Grandes regimes monárquicos entravam em colapso  ecom isso, o Clero também perdia o prestígio. 

O avanço de ideias protestantes colaboraram para esses movimentos. No campo filosófico, o Iluminismo e o racionalismo ganhavam força e se opunham a uma visão fortemente religiosa de mundo. A ascensão da burguesia nos âmbitos econômicos e políticos também transformou a realidade cotidiana.

É nesse contexto que surge o Arcadismo, influenciado por uma retomada de valores pagãos da Antiguidade Clássica. Seus temas versavam sobre coisas simples e cotidianas, buscava a nitidez das ideias e fugia dos temas rebuscados e confusos dos escritores barrocos.

Por que Arcadismo?

Na Itália, os escritores deste período se inspiraram nos gregos antigos para criar uma academia literária. Segundo a lenda, Arcádia era uma antiga cidade da Grécia governada pelo deus Pã e habitada por pastores que viviam de forma simples, se entregando aos prazeres e à poesia. Foi dessa academia que saíram muitos dos trabalhos que influenciaram os escritores do Arcadismo em Portugal e no Brasil.

Representação da vida em Arcádia pelo pintor Friedrich August von Kaulbach. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
Representação da vida em Arcádia pelo pintor Friedrich August von Kaulbach. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Pela referência às ideias gregas, o movimento arcadista também é conhecido como neoclassicismo, e, por ter ocorrido no século XVIII, também é chamado de setecentismo.

Características e lemas do Arcadismo

Como vimos, tanto a temática quanto a forma das produções literárias árcades passaram por simplificações quando comparadas às obras do período anterior. Além disso, as obras eram inspiradas por uma série de motes, que conferiam significado ao movimento. Vejamos alguns deles:

Escritores árcades mais importantes

No Brasil escritores como Santa Rita Durão (1722-1784), escritor do poema Caramuru; Tomás António Gonzaga (1744-1810), autor de Marília de Dirceu; e Inácio José de Alvarenga Peixoto (1744-1793) autor do poema Canto Genetlíaco, são exemplos de arcadistas.

Representação do escritor Tomás António Gonzaga, autor de Marília de Dirceu e participante da Inconfidência Mineira. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
Representação do escritor Tomás António Gonzaga, autor de Marília de Dirceu e participante da Inconfidência Mineira. (Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Em Portugal, os principais escritores do arcadismo são Manuel Maria Barbosa du Bocage (1765-1805), António Dinis da Cruz e Silva (1731-1799), Correia Garção (1724 -1772), Marquesa de Alorna (1750 -1839) e Francisco José Freire (1719-1773).

Fonte: Brasil Escola, Toda Matéria, Só Literatura.

Este conteúdo foi útil para você?

61440cookie-checkInutilia truncat: o que é este conceito que marcou o Arcadismo