Gêneros textuais: tudo sobre o texto injuntivo

Saiba como vai funcionar o vestibular do Mackenzie

Você provavelmente já leu uma bula de remédio ou uma receita de bolo, mas sabia que esses dois textos têm muito mais em comum do que aparentam em um primeiro momento? Na verdade, ambos são injuntivos, também conhecidos como instrucionais.

Esse tipo de texto busca instruir o leitor em alguma atividade ou situação, sendo responsável pela compreensão do funcionamento de certos sistemas. Com características próprias, é direcionado para certos objetivos.

Quer saber tudo sobre esse gênero textual? Acompanhe.

Definição

(Fonte: Giphy)

Os textos injuntivos têm a proposta de instruir, informar, auxiliar, aconselhar e recomendar. Para isso, eles oferecem desde o passo a passo das ações que devem ser realizadas até o aconselhamento de como proceder.

Para atender a essa proposta, esse tipo textual utiliza a ordem, o conselho e a exigência, por isso o tempo verbal mais presente nos textos injuntivos é o imperativo, pois transmite essa proposta dentro da ação que é pedida.

Injuntivo vs. Prescritivo

(Fonte: Giphy)

Uma relação comum é feita entre o texto injuntivo e o texto prescritivo. Não existe um consenso sobre o tema, mas os linguistas, em sua maioria, preferem considerá-los como gêneros diferentes.

Por mais que as características sejam semelhantes, eles se diferem na sua finalidade. O texto prescritivo é coercitivo, enquanto o injuntivo é instrutivo.

Características

(Fonte: Giphy)

O texto injuntivo tem como principais características:

Por conta do seu objetivo, a maior característica desse texto é a fácil compreensão por diferentes leitores.

Dicas para um bom texto injuntivo

(Fonte: Giphy)

Um dos maiores erros cometidos quando se trata de um texto injuntivo é acreditar que, por ser um gênero voltado para a instrução, ele seja simples de ser criado. Na verdade, é preciso atenção e conhecimento para produzir um bom texto.

Escrever um texto injuntivo é simples, mas requer cuidado. Não esqueça que textos prescritivos, como leis, atuam de forma diferenciada e têm características próprias.

Leia mais sobre vestibular