Animais vertebrados e invertebrados: conheça suas características

Saiba o que estudar para o vestibular do Mackenzie!

Nada mais fácil do que diferenciar os animais vertebrados dos invertebrados, certo? Afinal, alguns deles têm vértebras e outros não tem. Mas você sabia que esta classificação é insuficiente para entender o assunto? Apenas saber sobre a presença ou não de ossos não permite que se classifique os animais em determinados reinos.

Muitos animais invertebrados, por exemplo, são altamente complexos e são mais parecidos com outros vertebrados do que com invertebrados de baixa complexidade. Ficou curioso? Então continue neste post que vamos marcar as principais características desses dois grupos.

Animais invertebrados

Este grupo representa a maioria dos animais existentes na Terra, afinal existem animais muito pequenos como os insetos (tipos de artrópodes) e os platelmintos. As características que os unem são:

Existem mais de 33 filos de animais invertebrados, mas sete são os principais e os mais estudados. Vejamos:

1. Poríferos

Conhecidos como esponjas, os poríferos são animais aquáticos, que, quando desenvolvidos, não podem se locomover (animais sésseis). Sua alimentação é feita a partir da filtração da água.

2. Cnidários

O filo cnidário é representado por animais como medusas, águas-vivas e anêmonas do mar. Existem mais de 10 mil espécies conhecidas deste reino. A maioria é marinha.

Exemplo de cnidários. (Fonte: Pexels/Reprodução)
Exemplo de cnidários. (Fonte: Pexels/Reprodução)

3. Platelmintos

São animais de corpo achatado, fino, mole e sem patas. Existem platelmintos de vida livre ou parasitas como a tênia e as planárias.

4. Nematódeos

Animais de corpo fusiforme, longo e achatado. São encontrados em diversos ambientes, mas os exemplos mais conhecidos são as lombrigas, que são parasitas.

5. Moluscos

São o segundo maior filo em número de espécies descritas: são mais de 100 mil, atrás apenas dos artrópodes. Animais de corpo mole, podem ter uma concha protetora. Alguns exemplos são a lula, os polvos, caracóis e caramujos.

Caracóis são exemplos de moluscos. (Fonte: Pexels/Reprodução)
Caracóis são exemplos de moluscos. (Fonte: Pexels/Reprodução)

6. Anelídeos

São animais de corpo segmentado, com divisões que parecem anéis. Podem existir em ambientes aquáticos ou no solo úmido. Entre os exemplos mais conhecidos, temos as minhocas e as sanguessugas.

7. Artrópodes

Os artrópodes são animais que apresentam um exoesqueleto, que geralmente precisa ser trocado quando o animal cresce. Este filo é o que apresenta o maior número de espécies, estima-se que sejam mais de 1 bilhão. O grupo engloba os insetos, crustáceos e muitos outros.

Animais Vertebrados

Vertebrados são os animais que têm vértebras. Apenas um filo não tem coluna vertebral: os agnatos, uma espécie de peixe primitivo. Mas os principais representantes dos vertebrados têm coluna vertebral e crânio e pertencem ao reino Animalia, filo Chordata.

Sua principal característica é a presença da medula espinhal, cabeça e crânio, que contorna o cérebro. A respiração dos vertebrados pode ocorrer por pulmões, brânquias ou, no caso de alguns anfíbios, pela respiração cutânea. Vejamos os tipos existentes:

1. Mamíferos

Alguns animais vertebrados são os preferidos! (Fonte: Pexels/Reprodução)
Alguns animais vertebrados são os preferidos! (Fonte: Pexels/Reprodução)

São animais que possuem a glândula mamária, o que possibilita a alimentação dos filhotes. O corpo destes animais é coberto de pelos e a respiração é pulmonar.

2. Aves

São animais vertebrados que nascem em ovos e têm o corpo coberto de penas. Além disso, possuem bicos, patas e asas e respiram por pulmões. A maioria das espécies de aves pode voar.

Algumas aves, como o avestruz, não podem voar e parecem ressentir o fato. (Fonte: Pexels/Rprodução)
Algumas aves, como o avestruz, não podem voar e parecem ressentir o fato. (Fonte: Pexels/Rprodução)

3. Peixes

São animais aquáticos que respiram por brânquias e muitos têm o esqueleto cartilaginoso, que permite uma maior flexibilidade.

4. Répteis

Os répteis possuem a pele formada por escamas ou carapaças. Utilizam a respiração pulmonar, mas vários podem prender a respiração por longos períodos.

5. Anfíbios

Os anfíbios têm pele lisa e úmida. Normalmente se desenvolvem na água e depois passam a viver na terra, mas sempre em ambientes úmidos. Quando girinos, têm respiração branquial, mas quando se desenvolvem respiram por pulmões. Algumas espécies também apresentam a respiração cutânea.

Fonte: Toda Matéria, Brasil Escola, Educa Mais Brasil, Só Biologia.

Este conteúdo foi útil para você?

61560cookie-checkAnimais vertebrados e invertebrados: conheça suas características