Tudo o que você precisa saber sobre o curso de Pedagogia

Saiba como vai funcionar o vestibular do Mackenzie

O curso de Pedagogia é um dos mais conhecidos e oferece oportunidades que muitos nem imaginam. Com um mercado de trabalho em ascensão, uma das coisas que mais se destaca é a taxa de empregabilidade, que, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), chega a 94,13%.

E se você acha que é necessário apenas gostar de trabalhar com crianças para atuar como pedagogo, talvez se surpreenda um pouco. Os profissionais da área têm contato com disciplinas generalistas durante a faculdade e podem atuar em diversos nichos, inclusive gerenciando projetos e instituições de ensino. Além disso, a matriz curricular do curso de Pedagogia pode encantar aqueles que são apaixonados por educação e até os que esperam conquistar cargos de gestão e liderança ao longo da carreira.

Como é o curso de Pedagogia?

Fonte: GIPHY
(Fonte: Giphy)

Já pensou em aprender um pouco sobre neurociência? Sabe como funcionam os mecanismos que proporcionam a aprendizagem? Essas são algumas das abordagens do curso que surpreendem quem acha que pedagogos atuam apenas na construção de conhecimento infantojuvenil.

A graduação dura 4 anos e tem disciplinas generalistas da área de ciências humanas, como Filosofia da Educação e Desenvolvimento e Aprendizagem. Porém, o preparo do estudante de Pedagogia não se resume à sala de aula, envolvendo também estágio supervisionado e elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso, o famoso TCC.

As oportunidades de sucesso são ainda maiores se o profissional conseguir conectar todo o conhecimento teórico às experiências durante os estágios. Além disso, o próprio TCC pode ser uma oportunidade para guiar o futuro da carreira, ajudando a definir o tipo de especialização para o período após a faculdade.

Quais são as áreas de atuação?

Fonte: Giphy
(Fonte: Giphy)

A graduação em Pedagogia é conhecida por formar profissionais que atuam nos anos iniciais da educação infantil. No entanto, os professores também podem atuar em funções administrativas, de suporte pedagógico e até mesmo em hospitais, ensinando crianças em tratamento. Os pedagogos podem trabalhar na produção de material didático, auxiliar na educação especial e até mesmo exercer funções em órgãos do governo.

Quem gosta de educação, mas não se vê trabalhando com crianças, pode exercer a profissão no Ensino de Jovens e Adultos (EJA). Já para quem curte gestão, a administração de instituições de ensino é outra possibilidade da área, mas pode exigir um pouco mais de preparo e experiência.

Como anda o mercado de trabalho?

Fonte: GIPHY
(Fonte: Giphy)

A falta de profissionais capacitados tem afetado a qualidade da educação no país. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o sistema de ensino brasileiro tem um deficit de mais de 250 mil professores. Além disso, a variedade de funções que podem ser exercidas por um pedagogo abre portas para um mercado de trabalho amplo e cheio de oportunidades.

A necessidade de especialização, porém, continua sendo um dos passos mais importantes para os profissionais que desejam alcançar os melhores salários do mercado. Hoje, a rede privada de ensino absorve grande número de pedagogos com salários que superam R$10.000,00 mensais. Ainda enquanto alunos, podem ser recrutados pelas escolas privadas para estagiarem com remuneração, para seis horas diárias, em torno de R$1.300,00 mensais, além dos benefícios sociais. Esse valor pode aumentar, a depender da escola e até mesmo da função.

Gostou desse conteúdo? Conheça mais sobre o curso de Pedagogia.

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0