7 dicas de como estudar sozinho para o vestibular

A preparação para o vestibular é um dos fatores que mais tiram o sono dos estudantes brasileiros. Além da pressão para escolher o curso ideal, existe a concorrência para conseguir a tão sonhada vaga na universidade. Para resolver essa questão, não tem muito segredo: o jeito é estudar bastante.

Mas o que fazer quando o cursinho preparatório não é uma opção viável para sua realidade? Separamos algumas dicas que vão ajudá-lo a estudar por conta própria e facilitar sua aprovação. Vamos lá?

1. Monte seu cronograma

Cronograma organizado + estudante dedicado = aprovação na certa! (Fonte: Julia M Cameron/Pexels)
Cronograma organizado + estudante dedicado = aprovação na certa! (Fonte: Julia M Cameron/Pexels)

A rotina de estudos é muito individual e deve se encaixar perfeitamente em sua realidade, por isso é mais interessante montar seu cronograma com carinho e cuidado em vez de copiar um modelo pronto da internet. Seguir um planejamento que você mesmo preparou é muito mais fácil e tende a funcionar melhor, resultando em maior rendimento.

Considere alguns pontos ao montar seu cronograma:

Disponibilidade para os estudos

O planejamento a curto e longo prazo é essencial! (Fonte: Bich Tran/Pexels)
Planejamento de curto e longo prazo é essencial. (Fonte: Bich Tran/Pexels)

Você vai estudar quantos dias por semana? Por quantas horas? O cronograma perfeito não é necessariamente aquele que preenche com estudos cada minuto do dia, e sim aquele que se encaixa de forma realista na rotina. É só separar seu estudo em períodos diários e montar uma grade personalizada: defina dias da semana e horários específicos para cada disciplina.

Tempo para descanso

Pequenas pausas aumentam o seu rendimento! (Fonte: Andrea Piacquardio/Pexels)
Pequenas pausas aumentam o rendimento. (Fonte: Andrea Piacquardio/Pexels)

Achar que estudar muitas horas seguidas é a chave para o sucesso é um erro muito comum entre os vestibulandos. Você sabia que, na verdade, dar intervalos faz com que os estudos rendam mais e o conteúdo seja mais bem assimilado? Ao montar seu cronograma, agende pequenas pausas entre as disciplinas, como 5 ou 10 minutos a cada 50 minutos estudados, por exemplo. A proporção depende de seu ritmo, já que cada corpo é único e responde de maneiras diferentes.

2. Encontre diversas formas de estudar

As videoaulas são ótimas para mudar a dinâmica dos estudos (Fonte: StockSnap/Pixabay)
Videoaulas são ótimas para mudar a dinâmica dos estudos (Fonte: StockSnap/Pixabay)

Livros e apostilas com certeza são uma ótima forma de assimilar e exercitar o conteúdo, mas depois de algumas horas de leitura é possível que você sinta cansaço. Nesses momentos, a internet pode ser sua melhor amiga. É possível encontrar muito conteúdo online sobre vestibular, então aproveite para se jogar nas videoaulas, tirar dúvidas e aprender truques novos para compreender a matéria.

3. Dedique um tempo para estudar redação

Praticar a escrita te ajuda a obter melhores resultados! (Fonte: Min An/Pexels)
Praticar a escrita ajuda a obter melhores resultados. (Fonte: Min An/Pexels)

Por mais óbvia que essa dica possa parecer, ela é muito importante, pois uma boa redação pode contar muitos pontos e influenciar positivamente seu desempenho. Entenda a estrutura dos textos exigidos no vestibular e estude cada parte de forma individual. Além disso, pratique bastante e desenvolva textos semanalmente, revisando sempre as questões gramaticais. Escrever bem é uma questão de prática, então dedique um tempo especial para isso.

4. Não estude apenas com resumos

Nem só resumos, nem só exercícios. (Fonte: RF._.studio/Pexels)

Os resumos são definitivamente uma “mão na roda”, já que ajudam muito na fixação de conteúdos; no entanto, contar apenas com eles pode limitar seu aprendizado. Prepare-se também para fazer muitos exercícios de revisão de matérias e colocar em prática tudo o que aprendeu.

Uma ótima dica é fazer simulados e refazer testes antigos, mantendo-se dentro do tempo de prova. Aproveite as simulações para cronometrar o tempo utilizado em cada questão e conferir quais foram seus erros e seus acertos, pois isso vai ajudá-lo a entender quais pontos merecem um pouco mais de atenção e em quais já está craque.

5. Tenha um ambiente silencioso e organizado

Mantenha-se organizado. (Fonte: Cottonbro/Pexels)

Se a sala de casa é um local movimentado, com passagem de pessoas, televisão ligada e pets pedindo atenção, estudar nesse cômodo pode não ser uma boa ideia. O ambiente influencia muito no rendimento dos estudos, então é importante escolher um espaço silencioso, sem elementos sonoros e visuais que possam fazer você perder o foco com frequência.

6. Não se cobre mais do que o necessário

O estresse e a cobrança não são seus aliados! (Fonte: Energepic/Pexels)
O estresse e a cobrança não são seus aliados. (Fonte: Energepic/Pexels)

É normal que os estudantes se sintam ansiosos e pressionados nesse período, mas a cobrança excessiva não faz bem. É importante ressaltar que para fazer uma boa prova é fundamental estar tranquilo, então lembre-se de cuidar de si. Manter a saúde física e mental durante os estudos também faz parte da rotina do vestibulando, portanto separe um tempo para investir em descanso, lazer e vida social. Equilíbrio é tudo.

Sair um pouco do cronograma ao longo do ano é normal e não precisa ser motivo de crise: lembre-se de que seu planejamento deve atender a suas expectativas e que é possível fazer alterações sempre que for necessário.

Saiba como funciona o vestibular do Mackenzie!

Fonte: Canal do Ensino

Este conteúdo foi útil para você?

42780cookie-check7 dicas de como estudar sozinho para o vestibular

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos