3 dicas para impulsionar o seu inglês com as redes sociais

Saiba como vai funcionar o vestibular do Mackenzie

Mais de 225,6 milhões de celulares circulam pelo país, segundo a última pesquisa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) realizada em abril de 2020. Com o Brasil no topo do ranking do uso do aparelho, com uma média 9 horas diárias navegando, um mundo de possibilidades surge na palma da sua mão, sobretudo em se tratando do acesso às redes sociais. Que tal aproveitar tudo isso para aprender um idioma?

Aluna pensando: como começar a estudar? (Fonte: Giphy)

O termo “rede social” determina um espaço diverso e multicultural, com a possibilidade de comunicação em tempo real entre pessoas de todo o mundo — exatamente o que um estudante precisa para aprender ou aprimorar uma nova língua. Listamos três dicas simples que farão você repensar e aproveitar melhor o seu tempo utilizando as redes sociais, confira!

1. Organize o seu tempo

De olho no tempo! (Fonte: Giphy)

Uma das maiores desculpas para não aprender inglês (e para uma infinidade de coisas) é a falta de tempo. Porém, se o brasileiro é um dos mais conectados do mundo, isso não deveria ser um problema.

Confira mais dicas para se dar bem no vestibular

Organizar sua agenda e dedicar pelo menos 15 minutos do seu dia — ao acordar, uma pausa no almoço ou antes de dormir — à prática de inglês, pouco a pouco, já pode mudar a sua rotina e o seu interesse por esse aprendizado.

2. Conheça o potencial de cada plataforma

Comece pela sua rede social favorita. (Fonte: Giphy)

Qual é a sua rede social favorita? Mesmo que você nunca tenha parado para pensar sobre isso, todas elas podem te ajudar com o inglês! Veja como a seguir.

Youtube

Com uma infinidade de canais gratuitos repletos de videoaulas ou dúvidas específicas, a plataforma possibilita interação via comentários e ainda o acesso irrestrito ao conteúdo quantas vezes você precisar! Seguir um ou dois perfis em especial e acompanhar as atualizações podem te ajudar a dar consistência no aprendizado da língua.

Twitter

Seguir portais internacionais no Twitter oferece acesso diário a conteúdos muito ricos. O resumo das matérias em inglês pode ser o começo que você precisava para tornar o uso da língua mais real. Seguindo as hashtags certas, você pode também ter contato com conteúdos em inglês dos seus temas favoritos.

Facebook

Aqui o potencial é gigante! Além de páginas especiais para dúvidas e aprendizado da língua, em diversos grupos há conteúdos postados diariamente por pessoas de todo o mundo, com a finalidade de trocar experiências. Encontre essas oportunidades e participe de eventos virtuais para praticar o idioma.

Instagram

É claro, ele não poderia ficar de fora! Além da grande tendência das lives que entregam conteúdos fresquinhos sobre os mais diversos temas, existem perfis que mostram diariamente pequenas lições ou curiosidades do idioma. Siga essas páginas e ative algumas de suas notificações. Assim, mesmo quando você estiver “distraído”, esse conhecimento aparecerá.

Redes específicas

Além dos canais mais famosos, já existem opções (gratuitas ou pagas) de plataformas especiais para o aprendizado de línguas. Os aplicativos Duolingo, Bussu, Livemocha e WeSpeak são alguns exemplos que podem te ajudar ainda mais na concentração e na interação com outros alunos.

3. Não aja sozinho!

Compartilhe o aprendizado do idioma com os amigos. (Fonte: Giphy)

Como o próprio nome já diz, a rede é social. Participe de grupos, interaja nos comentários e pratique com pessoas que criaram os mesmos hábitos que você. Estimular seus amigos a entrar nessa jornada pode ser ainda mais produtivo.

Pratique, leia e converse diariamente sobre o assunto. Quando você menos esperar, essa rotina já terá te colocado em contato com o inglês de uma forma muito natural. Então, que tal começar agora? Let’s do it!

Fonte: Universia, Fluentu, Blasting News Brasil, Teleco e O Estado de Minas.

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0