O vestibular é a porta de entrada para as instituições de ensino superior e tem as suas particularidades. Existem diferentes modalidades e o candidato precisa estar atento para fazer a inscrição de forma correta e não perder nenhuma data ou regra importante.

Confira quais são os tipos de vestibular, as diferenças entre vestibular e Enem e como se inscrever em um processo seletivo.

Quais são os tipos de vestibular

(Fonte: Pexels)

Tradicional

O tipo mais comum de vestibular é a prova presencial, aplicada em data e hora fixos para todos os candidatos. As questões abordam conteúdos estudados durante todo o Ensino Médio, mas cada instituição tem uma maneira de apresentá-las, podendo ser tanto objetivas — de múltipla escolha ou por somatória, por exemplo — quanto discursivas. Os candidatos também precisam, geralmente, desenvolver uma redação de acordo com o tema proposto.

Vestibular para cursos como Design, Arquitetura e Urbanismo, Artes Plásticas, Música ou Dança pode exigir uma prova de habilidades específicas. Essa definição deverá estar explicitada no edital, assim como as regras e os requisitos da prova.

Seriado

O vestibular seriado é dividido durante os 3 anos do Ensino Médio. Para participar dessa modalidade, o candidato deverá se inscrever junto à instituição no primeiro ano da etapa final da educação básica, realizando a prova a cada ano, com o conteúdo relativo à série cursada. Finalizado todo o processo, o candidato poderá escolher o curso.

Agendado

Algumas instituições oferecem o vestibular agendado. Ao invés de realizar a prova no mesmo dia e horário que todos os concorrentes, os candidatos podem escolher uma data e hora entre as opções disponibilizadas pela universidade.

Diferenças entre vestibular e Enem

(Fonte: Pexels)

Vestibular e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não são a mesma coisa. O Enem é uma prova aplicada pelo Governo Federal para avaliar o desempenho dos alunos de Ensino Médio, composto por um teste geral, com data e horário definidos igualmente para todos os participantes, diferentemente do vestibular, que é aplicado por cada instituição. A nota do Enem pode ser usada pelo candidato no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para conseguir uma vaga em universidades públicas. Algumas faculdades privadas aceitam a nota do Enem de forma integral ou parcial, como complemento para o desempenho no vestibular.

Como se inscrever em um vestibular

(Fonte: Pixabay)

Para se inscrever no vestibular você só precisa seguir alguns passos simples e ficar atento às regras. Confira algumas dicas para não errar:

1. Acesse o site da instituição escolhida

Depois de escolher em qual universidade prestará o vestibular, o primeiro passo é visitar o site da instituição para entender como o processo seletivo funciona. Lá você encontrará as modalidades oferecidas, os cursos disponíveis, as grades curriculares, o número de vagas ofertadas e o edital — tudo o que você precisa saber.

2. Leia o edital com atenção

O edital é o documento no qual estão dispostas todas as regras do vestibular, além de informações como valor de inscrição, datas e cronogramas, horários, requisitos, número de questões, peso de disciplina por curso, critérios de desempate, conteúdo programático, bibliografia recomendada, entre outros. É indispensável a leitura completa do edital para que você tenha total ciência de como funciona o processo seletivo.

3. Faça a inscrição na data

Universidade escolhida, curso definido e edital lido? Chega o momento de se inscrever. Preencha os seus dados conforme solicitado e em seguida você receberá um boleto com o valor da inscrição. Fique atento para não perder o prazo final, pois existem datas de início e fim do período de inscrições.

4. Pague o boleto em dia

Quando receber o boleto, note que esse documento tem uma data de vencimento; se ele não for pago em dia, você não conseguirá prestar o vestibular. Boletos levam, em média, 3 dias úteis para serem processados pelos bancos, então leve isso em consideração.

5. Prepare-se para a prova

Agora é só esperar a data da prova e se dedicar aos estudos.

Essas foram algumas dicas para você se inscrever no vestibular com tranquilidade. Boa prova!