É provável que você conheça alguém que curse ou seja graduado em Engenharia de Produção; se você conhecer mais de uma pessoa da área, é possível que elas exerçam atividades bem diferentes entre si. Isso já deve ter gerado a dúvida sobre o que é, afinal, a engenharia de produção. Neste texto, contaremos tudo o que você precisa saber sobre o curso.

(Fonte: Giphy)

O profissional de engenharia de produção supervisiona e gerencia a linha de produção de uma empresa, o que significa que atua em fábricas enormes, mas também pode trabalhar em empresas menores, como supermercados ou restaurantes. Basicamente, o objetivo é tornar a produção mais barata, rápida e rentável; com isso, pode-se aproveitar todo o potencial investido e tornar o trabalho mais eficaz e seguro. Uma parte importante da atividade é observar o processo produtivo e corrigir os problemas que eventualmente aparecerem.

O curso

Você já deve ter percebido que gerenciamento é uma palavra-chave para a carreira de engenheiro de produção. Além de algumas das habilidades requeridas em outras engenharias, o curso oferece formação na área de administração. É por isso que, se você tem algum amigo engenheiro, já deve ter ouvido que produção não é engenharia — como você pode imaginar, isso é um mito.

De fato, a engenharia de produção é diferente, já que não tem um direcionamento específico, mas essa é justamente uma das vantagens da área. O profissional pode atuar na linha de produção ou no funcionamento da empresa como um todo, pois está capacitado para exercer diversos cargos, inclusive os mais altos, que apresentam grandes responsabilidades e exigem maior capacidade de gerenciamento.

Ainda assim, a grade curricular do curso mostra que a engenharia de produção compartilha algumas similaridades com as demais engenharias. Normalmente, a graduação dura 5 anos, com os 2 primeiros sendo praticamente iguais em todas elas. A ênfase é em disciplinas de introdução, especialmente cálculos ou ferramentas básicas necessárias para continuar a formação.

(Fonte: Giphy)

A partir do 3º ano, as matérias ficam mais aplicadas aos interesses dos futuros engenheiros de produção. No Mackenzie, você cursará disciplinas como Controle Estatístico de Processos e Aplicações, Comportamento Organizacional, Planejamento e Controle da Produção e Contabilidade de Custos.

Onde trabalhar?

(Fonte: Giphy)

O mercado de trabalho é bastante abrangente e os profissionais da área conseguem atuar em praticamente todas as empresas de médio e grande portes, já que melhorar a produtividade é essencial para manter a qualidade e a lucratividade dos negócios. Como a formação é multidisciplinar, é possível trabalhar em diferentes setores.

O desenvolvimento organizacional é uma das chances de atuação do engenheiro de produção. Nessa área, a função é aplicar e manter o desenvolvimento organizacional, que defende que a preocupação com os funcionários e com a produção devem ser igualmente altas em uma empresa, de forma que todos saiam ganhando na relação.

Já a engenharia do trabalho permite avaliar quanto tempo o funcionário leva para exercer sua função, o custo dele e a estrutura necessária para executar as tarefas. Para saber se um processo pode ser realizado de forma mais eficiente e escolher qual caminho é mais adequado para isso, o profissional pode atuar na simulação de processos e contar com a ajuda de softwares para testar vários cenários e encontrar a estratégia mais adequada.

(Fonte: Giphy)

Se você gosta mais de lidar com custos de produção, aplicação e distribuição da verba da empresa, pode atuar no setor de economia empresarial. Ainda na etapa de gerenciamento, mas cuidando de todo o processo, é possível trabalhar no planejamento e controle da produção. Quem trabalha nessa área usa diversas ferramentas para definir padrões de qualidade e avaliar se eles estão sendo seguidos, além de lidar com questões de estoque e de distribuição dos produtos. Essa função é essencial, pois evita sérios problemas posteriores.

O curso de Engenharia de Produção oferece diferentes possibilidades de carreira, sendo uma ótima opção se você tem interesse na área de gerenciamento ou organização do processo produtivo. Se gosta de atividades diversas, também pode se adequar, pois estará capacitado para atuar em múltiplas tarefas, aumentando suas chances de inserção no mercado de trabalho.


Se interessou pela área? Leia mais sobre o curso de Engenharia de Produção!