Todo estudante do Ensino Médio fica um pouco apavorado quando precisa pensar sobre o que fará da vida quando a escola acabar. Apesar de ser uma situação bastante desafiadora, o fim dessa etapa do ensino é um momento instigante. Calma, não estamos perdendo a cabeça; você entenderá porque é uma hora tão interessante.

(Fonte: Giphy)

É provável que a etapa final do Ensino Médio seja a primeira vez que o aluno tem a chance de tomar as próprias decisões, o que abre muitas possibilidades. Você pode escolher o que fará da sua vida durante os próximos anos e dar os primeiros passos em direção à independência e à vida adulta. Pensando assim, tudo fica mais atraente, não é?

A parte desafiadora é que essa grande quantidade de oportunidades também pode significar indecisão e gerar muitas dúvidas sobre qual é a escolha correta, quais fatores ponderar ao traçar os planos para o futuro e como fazer para alcançá-los. A grande questão é: o que fazer quando o Ensino Médio acabar?

A primeira coisa que você precisa levar em conta é que a resposta varia de pessoa para pessoa. Não é porque seu amigo resolveu tirar um ano sabático que isso funcionará para você, que já decidiu qual carreira quer seguir. Antes de tudo, é importante levar em conta suas condições, e elas envolvem dimensões financeiras, emocionais e interesses; os planos precisam ser condizentes com as possibilidades, senão colocá-los em prática pode ser complicado. No entanto, isso não significa que você não deve ter metas altas.

(Fonte: Giphy)

Iniciar uma graduação

Como você deve imaginar, a primeira possibilidade é o caminho clássico: prestar vestibular para entrar em uma faculdade — para isso, é necessário decidir qual curso seguir, estudar e ser aprovado. Se você se interessa por essa opção, é importante pesquisar bastante sobre as graduações disponíveis, as disciplinas, as chances de estágio, o mercado de trabalho e as carreiras possíveis quando terminar a faculdade.

Uma dica importante é não ficar preso apenas aos cursos que você já conhece, pois pode encontrar e se interessar por uma profissão de que nunca tinha ouvido falar. Outro ponto crucial é saber que uma graduação é diferente da escola, então não adianta escolher jornalismo porque gosta de escrever e não conhecer as atividades relacionadas.

Entrar na faculdade logo após o Ensino Médio pode ser vantajoso para testar as carreiras que gostaria de seguir. Caso descubra que aquele curso não é para você, procure outro ao qual se adeque melhor sem perder muito tempo. Além disso, a tendência no Brasil é que pessoas com nível superior sejam mais bem remuneradas.

(Fonte: Giphy)

Começar um curso técnico

Pode ser que você já se interesse por alguma profissão, mas não queira ou não tenha disponibilidade para cursar uma graduação. Uma boa opção, nesse caso, é iniciar um curso técnico, que é um caminho mais curto para o mercado de trabalho, mas isso não significa que seja fácil, porque você terá de se esforçar para aprender sobre a área escolhida em aulas práticas e teóricas.

Normalmente, os cursos técnicos duram até 2 anos e é possível cursá-los ao mesmo tempo que o Ensino Médio. Normalmente, existem muitas vagas que precisam de profissionais qualificados de nível técnico.

O curso técnico também pode ser uma porta de entrada para se aprofundar em uma área. Você pode descobrir, ao trabalhar como eletricista, por exemplo, que gostaria de ser engenheiro eletricista. Então, após o curso técnico, pode cursar uma graduação tendo certeza de que a carreira escolhida lhe agrada.

(Fonte: Giphy)

Tirar um ano sabático

Há casos de jovens que, como não sabem o que fazer após terminar o Ensino Médio, tiram um ano para se descobrir. Normalmente, isso envolve um intercâmbio no qual você pode ficar imerso em uma nova cultura, aprender outros idiomas e conhecer melhor o mundo. Uma forma de aliar o crescimento pessoal que essa experiência certamente traz é trabalhar ou fazer cursos no local escolhido para a estadia.

(Fonte: Giphy)

Começar a trabalhar

Para quem deseja ter independência financeira ou ajudar nas contas da casa, começar a trabalhar é uma necessidade após o Ensino Médio, e existem algumas posições que contratam pessoas com essa escolaridade. Outra opção é estudar e passar em um concurso público, que garante um emprego estável e com boas condições.

(Fonte: Giphy)

Como você já deve ter percebido, o mundo está cheio de possibilidades para quando a escola termina. Pondere bem sobre as suas condições e ambições e faça a escolha mais adequada para você.