O sucesso na administração é idealizado tanto por profissionais quanto pelas empresas. Gestores que atuam corretamente não só impulsionam a carreira como também fazem os negócios decolarem. Não é à toa que o mercado de trabalho está cada vez mais de olho no perfil gerencial dos candidatos, até mesmo para cargos menores, já pensando no futuro do colaborador e em como ele pode ajudar toda a equipe a crescer.

Se você tem como meta se tornar um gestor reconhecido em sua área, não pode deixar de aprimorar as habilidades mais buscadas pelas empresas. O mesmo vale para quando for sua vez de contratar pessoas para posições importantes. Aprenda tudo sobre o assunto e aumente suas chances de ter sucesso.

O que é um perfil gerencial

(Fonte: Giphy)

Perfil gerencial é o conjunto de competências, práticas e conhecimentos que fazem de alguém a escolha ideal para cuidar da gestão de um projeto ou de uma equipe. Essas características fazem com que o profissional atue de maneira estratégica, estabelecendo objetivos e levando a empresa aos melhores resultados.

O gestor ocupa um papel muito flexível, lida com diversos setores, colaboradores, toma decisões e corre riscos. Por isso, mais do que habilidades técnicas, ele precisa ter talentos pessoais que o levem aos caminhos certos na profissão.

Algumas pessoas podem supor que essas aptidões são "naturais", mas a realidade é que todas podem ser aprendidas e aprimoradas. Assim como alguém pode aprender a pintar ou cantar, é possível aprender a administrar, desde que o conhecimento seja passado de forma inteligente. De nada adianta ter o domínio de planilhas e teorias sem o know-how de como vivenciar o dia a dia das empresas. No momento da seleção, o desenvolvimento pessoal dos candidatos se destaca.

Competências essenciais para gestores

(Fonte: Giphy)

Agora que você entendeu o que é um perfil gerencial, veja quais são as habilidades principais para ter uma carreira de sucesso como gestor.

Responsabilidade

Apesar de não estarmos organizando essas atribuições em ordem específica, é difícil imaginar outra coisa para o "primeiro lugar" que não a responsabilidade. Gestores são responsáveis por inúmeras questões dentro da empresa, desde financeiras até em relação à equipe, afinal eles respondem por todos os resultados que surgem de suas ações — bons ou não.

Comunicação

Ser um bom comunicador é imprescindível para passar informações de forma clara e direta. Além disso, o processo inclui os dois lados: não é só uma questão de falar mas também de saber ouvir.

Organização

É importantíssimo ser capaz de organizar tudo. O tempo, as tarefas, os prazos... Tudo requer planejamento e organização. É trabalho do gestor cuidar para que cada coisa esteja em seu lugar.

Trabalhar em equipe

Pode parecer redundante, mas um dos erros mais comuns entre chefes é falhar no trabalho em equipe. Ainda que seja do gestor a função de resolver problemas e ter novas ideias, todos os colaboradores podem e devem participar desses processos. Administrar os talentos não significa restringí-los.

Proatividade

Estar um passo à frente é altamente desejável em um perfil gerencial. Para tal, ser proativo é a chave. Você deve buscar novidades, conexões, entender o mercado e a empresa para trazer novas oportunidades, ao mesmo tempo em que age sem demora na resolução de problemas e conflitos.

Ética

Comportamentos éticos são indispensáveis em qualquer posto de trabalho, mas são ainda mais cobrados nas posições de gerência. Espera-se que um gestor seja justo e que toda a equipe possa confiar em suas decisões.

Liderança

Por fim, mas não menos importante, a liderança é o foco do perfil gerencial, pois une todas essas e outras competências para trazer o melhor da equipe. Lembre-se: há uma diferença entre mandar e liderar, e você deve mostrar o caminho e acompanhar os colaboradores para mantê-los dedicados e próximos do sucesso que todos almejam.

Leia também

5 dicas úteis para estudar e aprender com EaD

Saiba tudo sobre a pós em Gestão Estratégica de Pessoas