Uma boa parte das pessoas realiza sua vida profissional por meio de planejamento. Sem ele, pode-se acabar esquecendo o que tinha para fazer ou ignorando os passos para chegar ao objetivo, e com isso a carreira não sai do lugar por muito tempo.

Para um administrador, o planejamento é fundamental, pois ajuda no desenvolvimento da equipe, dos projetos e da empresa como um todo. Saiba mais sobre a importância de se planejar.

Como o planejamento influencia o trabalho do administrador?

‌‌(Fonte: Giphy)

Quando se administra uma empresa, todas as ações podem contar: o horário em que os colaboradores chegam, os dias de reunião, a distribuição de tarefas, o relacionamento com os clientes, o atendimento, as compras e as vendas, o marketing e a logística: se nada estiver funcionando como deve, a empresa pode ter problemas.

O funcionamento harmônico de cada um desses fatores é responsabilidade do administrador, que precisa ter uma visão global compreensiva de tudo o que acontece na empresa para perceber dificuldades, prever oportunidades e desenvolver soluções. Mas imagine tentar fazer isso no improviso?

É por isso que o planejamento faz toda a diferença, permitindo que o administrador tenha uma visão geral dos negócios e possa tomar decisões que podem levar ao melhor futuro para a empresa. Desde atrair novos clientes até fazer bom uso dos recursos para evitar desperdícios, o planejamento otimiza os processos, economiza tempo e dinheiro e auxilia a companhia a alcançar seus objetivos.

Quais são os tipos de planejamento?

(Fonte: Giphy)

Existem três tipos de planejamento que o administrador deve conhecer, cada um com seu próprio papel na hora de organizar as tarefas e melhorar seus resultados.

Planejamento estratégico

Normalmente, essa etapa é de responsabilidade dos líderes da empresa, porque visa ao desenvolvimento de objetivos e cria cursos de ação para que se possa chegar até eles. Planejar dessa maneira exige uma análise dedicada das condições da companhia e do mercado.

Além disso, o planejamento estratégico prevê oportunidades e dificuldades que o negócio pode enfrentar ao longo de seu crescimento de acordo com as tendências do setor.

Planejamento tático

Enquanto o planejamento estratégico é mais global, com uma visão de futuro, o planejamento tático é mais palpável e atual: transforma os objetivos gerais da empresa em objetivos específicos, atividades claras que podem ser seguidas pela equipe. Funciona como um meio de campo entre o estratégico e o operacional.

Planejamento operacional

O planejamento operacional é o momento em que tudo entra em prática e foca o trabalho junto à equipe, decidindo a distribuição de tarefas, prazos e projetos de acordo com o que foi decidido no planejamento tático.

O que é importante em um planejamento?

‌‌(Fonte: Giphy)

Todo administrador deve conhecer técnicas para criar um bom planejamento, mas alguns fatores devem estar presentes em todos para que todo o trabalho não seja em vão:

  • registro — Um bom planejamento não deve ser apenas pensado, imaginado ou discutido; registrar as decisões permite que se volte a elas sempre que necessário, auxiliando no monitoramento e permitindo alterações quando necessário;
  • objetividade — Um dos principais motivos para se criar um planejamento é ajudar a empresa a alcançar objetivos, já que, sem definições claras, práticas e eficientes, que vão levar ao sucesso, o planejamento não tem uma linha de chegada;
  • organização — Para criar o planejamento, colocá-lo em prática e avaliá-lo, é importante ter organização, que ajuda o administrador a não esquecer os detalhes e garante uma ordem maior na execução dos planos.

Um bom planejamento pode fazer toda a diferença até mesmo na vida pessoal. No trabalho do administrador, no entanto, é o caminho a ser percorrido para alcançar melhores resultados e levar a empresa ao sucesso.

Se interessou pela área? Leia mais sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo!