É mais simples do que você imagina. Se você já sabe qual é o seu objetivo e conhece a lista das matérias que precisa estudar para o vestibular, agora é hora de colocar tudo isso no papel. Ter horário para descansar, comer e manter algum hobby, além de estudar, é fundamental.  Mas, por onde começar? Listamos quatro passos objetivos e uma dica final para começar hoje mesmo.

Primeiro passo: organize as ideias

(Fonte: Giphy)

Antes de tudo, vamos falar sobre organização. O primeiro passo é colocar no papel todas as suas atividades importantes: trabalho, academia, buscar os irmãos na escola, descanso, períodos de alimentação, curso de inglês e as matérias da lista do vestibular.

Como fazer? Separar um caderno ou uma agenda para isso pode ajudar ainda mais. Embora existam aplicativos com essa finalidade, deixar anotações em seu mural ou em cima da mesa de estudos é um recurso útil para memorizar e lembrar da ordem de cada atividade.

Segundo passo: entenda a sua rotina

(Fonte: Giphy)

Conhecer a sua rotina é um passo simples que pode ajudar a esclarecer alguns “buracos” que poderiam ser preenchidos por momentos produtivos de aprendizado. Porém, é claro que, quando falamos de entender a rotina, estamos nos referindo a todas as suas atividades — não apenas o estudo.

Você precisa (e deve) manter outras atividades além do estudo em seu cotidiano. Não é preciso deixar os passeios com o cachorro (ou brincadeiras com o gato) de lado. Você vai ver: tudo se encaixa!

Terceiro passo: elimine os seus tomadores de tempo

(Fonte: Giphy)

Voilà! Aqui está o segredo. Você pode encaixar todas as atividades necessárias na sua rotina se você conseguir distinguir quais são realmente necessárias. Conhecer os seus tomadores de tempo — que, em geral, são hábitos que atrapalham os seus estudos — vai ajudá-lo a encontrar tempo suficiente para estudar tudo.

Ninguém aqui é do contra, mas o celular ainda é um dos principais vilões nesse aspecto. Isso significa que, por meio dele, desperdiçamos muito tempo consumindo conteúdos que não agregam conhecimento. Não é preciso excluir as contas das redes sociais, mas desativar as notificações e separar apenas alguns momentos para consultá-las (como os intervalos e horário do almoço) ajuda demais nessa tarefa.

Quarto passo: monte o seu plano de estudo

(​Fonte: Giphy)

Para ter um plano de estudos perfeito, você precisa descobrir quais são os horários livres ou aqueles em que você funciona melhor para o estudo e equilibrar com as demais atividades. Isso tudo visando aproveitar ao máximo o seu tempo e torná-lo realmente produtivo.

Ter o seu cronograma (ou quadro-horário) personalizado é o que vai fazer toda a diferença. Contudo, na hora de definir os horários e as matérias, não vale dedicar mais tempo às favoritas. Lembre-se que é importante abordar todas as disciplinas exigidas no vestibular, e o plano de estudos serve exatamente para esclarecer os pontos de dúvidas! Então, que tal deixar uma meia hora a mais ou aumentar os dias da semana para a realização dos exercícios mais complicados?

Nesse link você pode encontrar diversos modelos de cronograma, de acordo com o seu momento de estudo ou objetivo, para montar o seu ainda hoje.

E a dica final? Cumpra o seu cronograma!

Nada é melhor do que a sensação de dever cumprido. Então vale reforçar que o seu lindo e novo plano de estudos só vai valer a pena se você seguir as metas diárias. É importante fazer ajustes em caso de dificuldade em alguma matéria específica, mas tente não mudar com frequência, para não perder toda a sua organização. E bons estudos!

Gostou desse conteúdo? Entenda como funciona o vestibular do Mackenzie