Pedagogia atraiu sua atenção, mas ainda não ganhou seu coração? Talvez isso aconteça porque o curso é tradicionalmente visto como formador de professores, o que não deixa de ser verdade, já que a graduação prepara profissionais para atuar na docência nos segmentos de Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental (até o 5º ano) e na educação de jovens e adultos.

Com disciplinas que englobam educação, didática, alfabetização e fundamentação teórica das disciplinas básicas, a sala de aula representa um grande universo a ser explorado pelos pedagogos, mas também há outras áreas que demandam essas habilidades. Em muitas instituições de ensino o curso de Pedagogia oferece disciplinas de Gestão e Avaliação Educacional e Projetos Empreendedores para fornecer ferramentas para que os alunos explorem cenários profissionais variados. Saiba quais são eles:

Gestão escolar

(Fonte: Giphy)

Essa é a área mais tradicional para os pedagogos depois da sala de aula. Por conhecer a fundo o funcionamento da escola, é natural que o professor assuma cargos de gestão na instituição, como coordenação, orientação e direção. Para isso, é preciso ter visão estratégica e forte senso de planejamento, administração e gestão de pessoas.

Pedagogia empresarial

(Fonte: Giphy)

Atuando de mãos dadas com o profissional de recursos humanos, o pedagogo empresarial tem um papel importante nas organizações, como orientar ações de desenvolvimento profissional para a equipe, direcionando o aprendizado, coordenando e selecionando cursos de atualização e resolvendo outras demandas específicas da companhia. É por meio do aprendizado contínuo que as empresas podem se desenvolver e capacitar seus profissionais para desempenharem papéis cada vez mais estratégicos, relevantes e de melhor performance. Há também organizações focadas em oferecer treinamentos e metodologias de desenvolvimento para equipes profissionais que requerem as habilidades pedagógicas desse profissional.

Pedagogia hospitalar

(Fonte: Giphy)

Uma área de atuação inovadora e recente, mas que surgiu como resposta para uma demanda antiga: educação de alunos hospitalizados. Transformar o ambiente hospitalar em um local de aprendizagem, tal qual uma escola, é um desafio e um grande diferencial na vida de quem passa por longos períodos de reclusão. Continuar os estudos é uma maneira tanto de aliviar o tratamento como de minimizar o impacto do tempo de internação.

Educação especial

(Fonte: Giphy)

Aprender a conviver com a diversidade é uma lição para a vida e promove o respeito, a humildade e o senso de coletividade; nesse ponto, a escola tem um papel importante. A integração de alunos com deficiências em ambiente escolar promove convivência e aprendizados que não estão nos livros, mas ficam marcados por toda vida. Com o crescimento da inclusão escolar aumenta também a demanda por pedagogos que orientem esse processo e auxiliem os alunos a lidar com diferentes vivências.

Editoração

(Fonte: Giphy)

O material didático usado em sala de aula, presencial ou virtual, é desenvolvido e elaborado por profissionais de pedagogia que traduzem o conhecimento teórico para cada faixa etária e para atender aos requisitos necessários de aprendizagem de cada ano escolar. Tornar o conteúdo atrativo, cativante e criativo é o grande desafio e também o maior diferencial dessa área de atuação. O material, em conjunto com o professor, garante que o aluno aprenda e fixe o conteúdo.

ONGs

(Fonte: Giphy)

Seja qual for o foco, projetos sociais em geral têm muito a ganhar com a atuação do profissional de pedagogia. Em equipes compostas por pessoas com diferentes formações e históricos, as habilidades do pedagogo auxiliam no desenvolvimento de projetos, na gestão de grupos e até na capacitação do público-alvo ou da própria equipe.

Supervisão educacional

(Fonte: Giphy)

A função de supervisão pedagógica é determinante e estratégica em uma escola. A atuação acontece no sentido de minimizar problemas qualitativos do sistema educacional e elevar a produtividade da organização, e o profissional nesse cargo pode atuar em três grandes frentes: política, humana e técnica. Na primeira dimensão está a gestão das lideranças e dos atos curriculares, bem como a influência política e social diante dos caminhos da instituição. A esfera humana diz respeito ao gerenciamento da equipe, dos talentos e do bem-estar social. E a dimensão técnica engloba atos administrativos, institucionais, gerenciais e curriculares; é o saber fazer, como fazer e quando fazer.

Psicopedagogia

(Fonte: Giphy)

Aliando conhecimentos de psicologia, o profissional de pedagogia pode atuar na área de psicopedagogia, que estuda processos de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, identificando dificuldades e transtornos que afetam a assimilação do conteúdo e usando metodologias propícias para analisar o comportamento dos alunos. Esse profissional pode atuar em escolas, centros comunitários, hospitais e organizações privadas.

Tecnologia

(Fonte: Giphy)

As novas gerações estão cada vez mais ligadas à tecnologia e às possibilidades do mundo virtual, e a educação precisa acompanhar esse ritmo. Profissionais de pedagogia podem atuar no desenvolvimento de softwares de ensino, jogos virtuais, programas educativos, aplicativos para smartphones e plataformas de ensino a distância. Quando o assunto é tecnologia, estamos vendo somente na ponta do iceberg.