Como escolher a universidade perfeita para você?

Escolher a universidade perfeita é um momento muito importante da vida e pode deixar os vestibulandos preocupados. As dúvidas são muitas nesse período, começando pela escolha do curso e, quando resolvida esta questão, vem uma nova: qual universidade pode me acolher melhor pelos próximos anos?

Para te ajudar a tornar esse processo um pouco mais simples, listamos quatro dicas para levar em consideração na hora de dizer o tão sonhado “sim” para a universidade perfeita. Vamos lá? 

1. Infraestrutura

O Mackenzie é referência em infraestrutura. (Fonte: Tenor)

Pesquisar a infraestrutura da instituição com antecedência pode te ajudar a evitar muita dor de cabeça. Isso acontece porque as possibilidades oferecidas pela universidade vão impactar diretamente no seu dia a dia como estudante. Então, é essencial saber quais são as necessidades do seu curso e se o local as comporta.

Se você é de Humanas, uma biblioteca supercompleta vai ser sua melhor amiga durante seus anos de graduação. Para alunos da Saúde, um laboratório bem equipado é essencial na formação. Já futuros comunicadores vão precisar de equipamentos específicos para fazer trabalhos, como câmeras e computadores. 

Outra dica importante é entender se o espaço promove a acessibilidade para alunos com dificuldades de mobilidade. Levar isso tudo em consideração faz toda a diferença na hora de fazer uma boa escolha. 

2. Localização

Você sabia que o Mackenzie fica do ladinho do metrô? (Fonte: Tenor)
Você sabia que o Mackenzie fica do lado do metrô? (Fonte: Tenor)

A localização da universidade é um dos pontos de maior impacto no cotidiano do estudante e, portanto, um dos aspectos mais importantes de serem avaliados no momento em que bate a dúvida entre duas ou mais instituições.

Fazer uma boa escolha inclui considerar a distância entre a sua casa e a universidade e quais são os meios de transporte que podem ser usados para chegar até lá, porque isso interfere diretamente não só nos custos mensais de transporte, mas também no tempo gasto diariamente em locomoção e até mesmo na sua segurança durante o trajeto, especialmente se ele exigir caminhadas.

3. Qualidade de ensino 

Professores bem qualificados influenciam a sua experiência! (Fonte: Tenor)
Faça uma pesquisa sobre o seu curso. (Fonte: Giphy)

Essa dica pode parecer até um pouco óbvia, mas é tão fundamental que não podíamos deixar de citar: faça uma pesquisa sobre o seu curso dentro da universidade. Descubra há quantos anos ele existe na instituição, se é bem avaliado e, principalmente, se ele é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). 

O MEC é o órgão responsável por regularizar as questões referentes à educação, e uma delas é o processo de reconhecimento dos cursos de Ensino Superior — essa é a garantia de que o seu diploma é válido e lhe permite exercer a profissão.

Outra dica superválida é estudar a grade curricular do seu curso, porque as instituições frequentemente oferecem focos diferentes para a mesma graduação. Encontrar aquele que se encaixa melhor nas suas expectativas pode evitar uma frustração no futuro, então dedique um tempo especial para isso.

4. Corpo docente qualificado

Professores bem qualificados influenciam a sua experiência! (Fonte: Tenor)
Professores bem qualificados influenciam a sua experiência! (Fonte: Tenor)

Aproveite para pesquisar e conhecer quem serão os seus professores e quais são os cursos de especialização que eles trazem na bagagem. Descubra onde eles estudaram, quais artigos publicaram e em quais áreas de formação se aprofundaram.

Um corpo docente bem qualificado faz com que o seu conhecimento seja mais aprofundado, te preparando melhor para o mercado de trabalho e, por consequência, tornando a sua experiência mais interessante e valiosa.

Quer ser um mackenzista? Saiba como funciona nosso vestibular.

Fonte: Guia do Estudante, Educa Mais Brasil.

Este conteúdo foi útil para você?

41170cookie-checkComo escolher a universidade perfeita para você?

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos