5 dicas para conseguir seu primeiro estágio

A vida universitária traz diversos fatores que podem ser motivo de aflição de muitos estudantes por aí. Entre as já conhecidas avaliações, trabalhos e seminários, está o desafio do primeiro estágio.

Conseguir o primeiro emprego na área, fazer novas conexões e ganhar independência financeira é um sonho para os universitários, mas eles frequentemente se deparam com um problema clássico: como conseguir uma vaga sem ter experiência prévia? Para te ajudar nessa missão, separamos algumas dicas para quem quer estagiar, mas não faz ideia de onde começar!

1. Comece montando um currículo interessante

Um bom currículo faz toda a diferença ao se candidatar. (Fonte: fizkes/Shutterstock)
Um bom currículo faz toda a diferença ao se candidatar. (Fonte: fizkes/Shutterstock)

Por mais que essa possa parecer uma constatação óbvia, é importante reforçar que seu currículo é o primeiro contato entre você e a empresa que oferta a vaga, então mandar bem na apresentação é essencial! 

Muitos estudantes não sabem o que colocar no currículo, já que ainda não têm outras experiências profissionais na bagagem. Se esse for o seu caso, lembre-se de inserir, além das informações básicas sobre você, palestras das quais tenha participado, cursos de idiomas e outras experiências do gênero.

Mas cuidado, lembre-se de selecionar informações realmente relevantes, que possam agregar à vaga para a qual você está se candidatando. Não adianta seus recrutadores saberem que você é ótimo em artesanato, se a vaga é de engenharia, por exemplo. 

2. Conte com o apoio da sua universidade

Fique atento à divulgação de vagas dentro da sua universidade. (Fonte: fizkes/Shutterstock)
Fique atento à divulgação de vagas dentro da sua universidade. (Fonte: fizkes/Shutterstock)

Muitas empresas entram em contato direto com as universidades para divulgar suas oportunidades de estágio, então é interessante se manter atento aos e-mails enviados pela instituição de ensino, bem como ao mural de recados e a outras plataformas que possam conectar a coordenação de curso aos alunos.

3. Procure diretamente as empresas que te interessam

Use a ferramenta "Trabalhe Conosco" a seu favor! (Fonte: fizkes/Shutterstock)
Use a ferramenta “Trabalhe Conosco” a seu favor! (Fonte: fizkes/Shutterstock)

Se você é uma daquelas pessoas que sempre sonhou com uma vaga em uma empresa específica, essa dica é para você. Os sites das organizações costumam ter uma área própria para anunciar oportunidades de empregos efetivos e estágios, portanto é legal se manter atualizado e ficar de olho nas vagas abertas da empresa. 

Outra dica bacana é se informar bastante sobre a companhia com antecedência. Dessa forma, quando chegar o momento de enviar o currículo e participar do processo de recrutamento, você estará pronto para o que der e vier!

4. Aprenda a utilizar o LinkedIn como apoio

As mídias sociais são ótimas ferramentas de apoio na hora de encontrar um estágio. (Fonte: Suteren/Shutterstock)
As mídias sociais são ótimas ferramentas de apoio na hora de encontrar um estágio. (Fonte: Suteren/Shutterstock)

O LinkedIn pode ser “uma mão na roda” ao buscar um estágio, já que as redes sociais estão cada vez mais presentes nos processos de recrutamento. A plataforma oferece diversos recursos, permitindo o contato direto com empresas da área desejada, além de auxiliar na procura de vagas. Afinal, criar um perfil interessante e usá-lo de forma inteligente pode chamar a atenção dos recrutadores e dar uma vantagem ao enviar seu currículo.

5. Seja honesto no processo de seleção

Não caia no erro de mentir sobre suas habilidades! (Fonte: fizkes/Shutterstock)
Não caia no erro de mentir sobre suas habilidades! (Fonte: fizkes/Shutterstock)

Pela falta de experiência profissional, muitos estudantes decidem aumentar suas habilidades no currículo para que ele não pareça tão vazio. No entanto, inventar aptidões, aumentar seu nível de proficiência em uma língua e outros artifícios semelhantes é uma péssima ideia. Ao prometer certas capacidades ao empregador, é esperado que você seja capaz de cumpri-las no futuro; logo, mentir no currículo pode te colocar em maus lençóis. 

Para evitar esse tipo de incômodo, sempre se mantenha honesto e opte por valorizar as habilidades que você realmente tem, além de ressaltar a sua disposição em aprender algo novo!

Quer ser um mackenzista? Saiba como funciona nosso vestibular.

Fonte: Vagas.com, Quero Bolsa.

Este conteúdo foi útil para você?

44730cookie-check5 dicas para conseguir seu primeiro estágio

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos