Entre as ciências humanas há um curso que é a base para várias outras áreas do conhecimento, mas acaba desvalorizado por quem curte a carreira e está prestes a encarar o vestibular. O principal motivo? Algumas das oportunidades profissionais após o curso são pouco conhecidas.

Trata-se da Filosofia, que pode ir muito além da carreira acadêmica como pesquisador ou professor em universidades ou colégios. Os caminhos alternativos usam as habilidades aprendidas durante o curso, incluindo análise crítica e muito conhecimento. O que pode fazer esse profissional? É o que vamos descobrir agora.

Pesquisa e educação

A carreira mais óbvia dos graduados em Filosofia é seguir na universidade, mas essa área também é bastante variada. Afinal, depende primeiro do tipo de curso realizado: bacharelado ou licenciatura.

No bacharelado, você está apto a ser um pesquisador, o que significa que realizará estudos e até testes de campo sobre vários aspectos da sociedade, produzindo artigos e participando de eventos da área. Nesse segmento, você também pode ser professor universitário.

(Fonte: Giphy)

Já a licenciatura tem um complemento, pois você estuda todo o currículo do curso com o acréscimo de disciplinas que o habilitam a ser professor em escolas e colégios.

Escritor de múltiplas áreas

O profissional de Filosofia precisa ter gosto natural por leitura e escrita antes do curso. Porém, ao entrar em contato com as diferentes áreas de pesquisa e conhecimento, o estudante desenvolve um vocabulário rico, a capacidade de fazer associações,  e acaba se tornando apto para falar sobre os mais variados assuntos.

Uma carreira possível é a de escritor, tanto de materiais didáticos quanto de livros mais reflexivos e até mesmo textos para jornais. Colunas a respeito do cotidiano ou de crítica de arte são alguns dos caminhos.

(Fonte: Giphy)

Além disso, o filósofo é capaz de apresentar palestras e comandar cursos, inclusive para alunos e interessados de outras áreas, como Antropologia. A Filosofia é uma ciência que serve de base para várias outras disciplinas ao longo do tempo, tendo sido trabalhada na Grécia Antiga em discussões sobre matemática e astronomia, por exemplo. Conhecer mais sobre esse ponto em comum com tantas áreas do conhecimento pode aproximar você desses setores.

Análise crítica e planejamento

Por fim, quem estuda Filosofia durante anos desenvolve uma forma diferenciada de olhar o mundo, com um senso mais crítico e raciocínio baseado na razão. Além disso, conhece toda a ciência por trás da argumentação e a evolução do discurso ao longo da história. Por isso, depois de graduado, o profissional pode encontrar oportunidade de emprego em planejamento, desenvolvimento e execução de projetos.

(Fonte: Giphy)

Isso pode ser feito em empresas que se preocupam com questões éticas, históricas e sociais, por exemplo. Ou, como é mais comum, em organizações não governamentais, centros culturais ou de pesquisa e instituições do governo.

Curtiu? Então entre no mundo da Filosofia

O curso de Filosofia é muito maior e mais complexo do que você imagina, com uma série de oportunidades bem diferentes no mercado de trabalho. Agora que você sabe quais são esses caminhos e o que é necessário para começar a vida em cada um deles, vai que descobre uma possibilidade que é a sua cara e inicia uma carreira de sucesso na área?