Como testar a viabilidade de seu negócio?

Empreender exige qualificação. Comece uma pós no Mackenzie!

Não é de hoje que o povo brasileiro é reconhecido como inventivo, e pesquisas mais recentes têm confirmado essa percepção. Em relação a empreendedorismo, o Brasil aparece à frente de China, Estados Unidos, Reino Unido, Japão e França, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

Os números falam por si. Segundo o estudo internacional, que no Brasil ficou a cargo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), 34% dos brasileiros entre 18 e 64 anos têm uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. 

Mas como saber se sua ideia é viável? Como identificar se está preparado para enfrentar as turbulências do mercado e se lançar rumo ao desconhecido? Confira dicas que podem auxiliar a ponderar a viabilidade de seu negócio.

A importância do plano de negócios

A ideia do plano de negócios é antecipar os principais problemas e dar respostas a eles antes de colocar o empreendimento na rua. (Fonte: Insta_photos/Shutterstock)

Para Thiago Montanari Marins, advogado e consultor, é fundamental que haja um planejamento eficaz. E esse é justamente o papel de um bom plano de negócios. Nessa etapa, deve-se antecipar os principais desafios que o empreendimento poderá enfrentar quando exposto ao mercado.

A ideia é que o plano de negócios ajude a responder a algumas questões como:

Essas são apenas algumas das questões que um plano de negócios pode levantar. Marins comenta que um plano, como o próprio nome diz, está na esfera teórica e não dá conta da realidade, mas é importante pois permite conhecer melhor o modelo de negócio em que você deseja empreender e saber com mais nitidez se o negócio tem viabilidade econômica.

Testes em pequena escala

Marins comenta que, antes de iniciar o empreendimento com força total, vale a pena testá-lo em escala menor, como em um laboratório. “Quer vender para o país? Calma. Comece vendendo no bairro e veja como fornecedores, clientes e parceiros se comportam. Se tudo der certo, aí você expande”, comenta o consultor.

Você pode descobrir que seus bolos não são assim tão gostosos, mas que suas tortas são imbatíveis e que sua margem de lucro melhora ao investir nessa linha; logo, faz mais sentido encorpar esse nicho. Além disso, é possível que você perceba que as pessoas adoraram seus produtos, mas, estimuladas pelas novas formas de consumir criadas pela pandemia, preferem comprar por aplicativos de entrega. Assim, é possível locar um ponto menor e economizar com esse custo fixo.

Por isso, é importante ir para o mercado pronto para flexibilizar sua ideia inicial. Deixe que o comportamento dos consumidores diga qual é o melhor caminho a seguir, afinal a viabilidade de seu negócio depende da demanda real.

Fonte: UFG, Jornal Contábil e Academia Assaí.

Este conteúdo foi útil para você?

41510cookie-checkComo testar a viabilidade de seu negócio?