Simone Biles e a pressão: 6 sinais de que você chegou ao limite

O estresse pela competição é um sintoma recorrente nas mais diversas carreiras. Um exemplo disso foi o caso da ginasta estadunidense Simone Biles. Mesmo cotada para seis medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ela desistiu das finais alegando estar sob muita pressão e precisar de tempo para preservar sua saúde mental.

A situação que gerou grande discussão no mundo todo não se limita às quadras. Pessoas de diversos setores passam pela mesma situação de extrema pressão mental. Mas como saber se não é hora de dar uma pausa? Confira seis sinais. 

Estresse no trabalho pode desencadear doenças graves como depressão profunda
Estresse no trabalho pode desencadear doenças graves como depressão. (Fonte: Anna Shvets/Pexels)

1. Irritabilidade

O cansaço mental causa mau humor. Se você tem constantemente criticado coisas, circunstâncias ou mesmo pessoas, é um sinal de que pode estar desgastado mentalmente. Isso porque um dos primeiros sintomas do esgotamento mental é não conseguir controlar tão bem as emoções.

2. Baixa produtividade

A capacidade de ser produtivo muda constantemente: um dia ela está em alta e no outro em baixa. Mas se a dificuldade em produzir tem sido uma constante em sua rotina, esse pode ser um sinal de alerta. 

Ter dificuldade para realizar até mesmo tarefas simples, por parecerem opressivas, é um sinal que deve ser observado e acompanhado por um profissional de saúde mental. 

3. Falta de concentração

Prestar atenção em qualquer tarefa se torna um desafio quando se atinge o topo da exaustão mental. Você passa a não reagir às circunstâncias à sua volta de forma rápida, o que pode ser um perigo para certos afazeres do dia, como dirigir.

4. Alterações no sono

Se tem enfrentado dificuldade para dormir mesmo que muito cansado ou sente que não dormiu o suficiente, então, você pode estar no limite do cansaço mental. 

Pessoas com alta carga de trabalho cognitivo tendem a ter insônia e outras alterações que não permitem que o cérebro realize todos os ciclos normais de sono, impossibilitando o descanso físico e mental.

5. Dor de cabeça

Quando frequente, a dor de cabeça também pode estar relacionada ao esgotamento mental. É comum que pessoas com estresse apresentem dores pulsantes ou mesmo uma sensação de pressão na cabeça.

6. Alterações no apetite

O esgotamento mental pode afetar o apetite de diferentes formas, começando pelo maior interesse em consumir alimentos mais açucarados ou gordurosos. Mas também pode influenciar na perda do apetite, bem como na vontade de comer mais do que o normal.

O tema saúde mental vem ganhando força na sociedade
O tema saúde mental vem ganhando relevância na sociedade. (Fonte: Engin Akyurt/Pexels)

Por que devo me preocupar com esses sinais?

A competitividade que envolve o mercado de trabalho e a necessidade de produzir mais e em menos tempo acabam por gerar desgaste emocional e físico.

Como resultado, as pessoas se deparam com enfermidades, principalmente mentais. Os sintomas de exaustão mental são mensagens do corpo humano, alertando que ele está no limite e precisa descansar.  

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie!

Fonte: Catraca Livre, Revista Brasileira de Medicina do Trabalho.

Este conteúdo foi útil para você?

49220cookie-checkSimone Biles e a pressão: 6 sinais de que você chegou ao limite

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos