Internacionalização: como escrever uma boa carta de apresentação

Saiba como vai funcionar o vestibular do Mackenzie

Se você está pensando em se candidatar a uma vaga para bolsa de estudos e passar pelo processo de internacionalização, é importante saber que a carta de apresentação será fundamental em sua aprovação.

De todos os documentos necessários, essa é a etapa mais personalizada e pessoal de todas. Por meio da carta, a instituição poderá conhecer mais sobre você e o que o motiva; então, essa é sua chance de ir além do que o seu currículo ou histórico escolar são capazes de demonstrar.

Diante da enorme quantidade de candidatos, os avaliadores sempre buscarão a pessoa-chave que possa contribuir de forma única; por isso, além de ser bem escrita e estruturada, a carta de apresentação precisa valorizar o candidato e destacar seus diferenciais.

Para ajudar você a escrever a carta que dará um novo rumo à sua história, preparamos algumas dicas preciosas de como e o que escrever. Assim, você poderá incorporá-las aos seus sonhos, metas e objetivos e mostrar para todos o valor da sua trajetória e como isso pode impactar o mundo!

1. Use seu poder de espião

(Fonte: Giphy)

O primeiro passo para uma boa escrita é ter confiança naquilo que você está tentando passar. Por isso, pesquisar tudo sobre o seu curso alvo e sobre a instituição é um passo essencial.

Em geral, nos sites das universidades há todas as informações de que você precisa sobre a grade curricular e as matérias estudadas, assim como os professores que fazem parte da corporação e as cargas horárias correspondentes. Além disso, é possível encontrar outros dados valiosos, como a expectativa da instituição em relação aos candidatos.

Ao saber o que eles esperam de seus alunos, ficará muito mais fácil fazer uma boa redação sobre como a sua presença lá pode fazer toda a diferença. Conhecer bem os pré-requisitos, os projetos, os costumes e os princípios da universidade já o colocará à frente de vários candidatos.

Com essas informações, você pode organizar melhor suas experiências e compartilhar sua trajetória de uma forma mais cativante e convincente.

2. Organize suas ideias e mostre quem você é

(Fonte: Giphy)

Se você possui diferentes experiências, projetos e ações já realizadas, organizar as ideias é o ponto principal para não se perder no raciocínio ao longo de sua escrita. Seja sempre claro e objetivo com as palavras, descreva seu foco e suas metas ao ingressar na universidade, resumindo também suas expectativas referentes a essa nova experiência.

Deixe explícitos também os motivos que o levaram a escolher exatamente determinado curso e instituição. No desenvolvimento, aborde aspectos como o que em sua trajetória será um diferencial para a universidade e quais são os seus pontos fortes e qualificações de destaque.

Por fim, conclua reforçando como a universidade poderá ajudá-lo a caminhar rumo ao seu sonho e o que você espera acrescentar a eles. Os agradecimentos pela oportunidade de mostrar um pouco mais de quem você é também se encaixam muito bem nesse momento!

3. Aparência também importa

(Fonte: Giphy)

Você certamente já conhece o ditado que diz que a primeira impressão é a que fica. Bom, nesse caso, a aparência de sua carta realmente pode influenciar todo o restante da análise e da ideia inicial que os avaliadores terão sobre você.

Para fugir de qualquer erro, prefira sempre fontes e formatações padrão, que sejam adequadas para a linguagem e a ocasião. Opções como Comic Sans e outras muito infantis ou exageradas podem atrapalhar a legibilidade e tirar a credibilidade de sua redação.

Além disso, certificar-se sobre gramática e digitação é essencial. Uma boa dica é enviar um rascunho para um professor ou um revisor, garantindo que o texto final será livre de erros.

4. Peça feedbacks sobre sua carta de apresentação

(Fonte: Giphy)

Além de pedir ajuda para verificar a ortografia, vale a pena solicitar feedbacks de pessoas importantes que possam dar uma opinião honesta e construtiva para sua carta. Para isso, você pode consultar amigos, professores ou alguém que já tenha passado por esse processo de avaliação.

Nesse momento, é importante manter o coração e a mente abertos para aceitar correções e alertas. Pense que cada comentário pode ajudar você a chegar a uma versão final perfeita e responsável por seu ingresso em uma nova etapa.

Com essas dicas simples e valiosas, escrever sua carta ficará muito mais leve. Por isso, concentre-se, dedique-se e prepare-se para mais um capítulo incrível em sua trajetória!

Gostou desse conteúdo? Conheça mais sobre o curso de Letras.

Este conteúdo foi útil para você?

2850cookie-checkInternacionalização: como escrever uma boa carta de apresentação

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos