6 dicas para ser um digital influencer na sua área de atuação

Digital influencer é a pessoa formadora de opiniões que atua por meio das mídias sociais. Atualmente, as mais usadas no Brasil são o Instagram, o Facebook, o YouTube, o Twitter e, mais recentemente, o TikTok. 

Em uma sociedade cada vez mais conectada, vários hábitos de consumo estão mudando. Pesquisas demonstram que uma grande parcela da população está mais suscetível à opinião de influenciadores do que de anúncios em mídias tradicionais. 

Podemos entender por que esse movimento tem acontecido quando olhamos para alguns números. Por exemplo, uma pesquisa da Google mostra que 70% dos adolescentes que usam o YouTube se sentem mais relacionados e mais influenciados por youtubers do que por celebridades tradicionais e que 91% dos millennials confiam tanto nas avaliações online quanto nas indicações de amigos e família.

A indústria de digital influencer movimentou US$ 10 bilhões em 2020. (Fonte: BlueBird/Pexels/Reprodução)
A indústria de digital influencer movimentou US$ 10 bilhões em 2020. (Fonte: BlueBird/Pexels/Reprodução)

Segundo uma previsão da companhia publicitária Adweek, a indústria de marketing digital por influencers movimentou em torno de 10 bilhões de dólares em 2020. A empresa especializada na área, The Influencer Marketing Hub, mostra que, para cada dólar investido em marketing com influenciadores, as empresas ganham US$ 5,20. Com essas informações, é compreensível porque as empresas estão investindo cada vez mais em influencers. 

Confira seis passos para ingressar nesse mercado e se tornar um influenciador em sua área. 

1. Escolha um nicho

Pode parecer contraditório reduzir o campo de atuação na internet, mas a verdade é que conteúdos com qualidade geram mais interação e fidelizam mais seguidores. Como é difícil opinar com qualidade sobre assuntos diversos, o ideal é que você trabalhe com um conteúdo em um setor no qual já tenha experiência.

2. Cuide da qualidade das postagens

Como hoje a maior parte das pessoas está nas redes sociais, é preciso que suas postagens se diferenciem. Invista na qualidade das fotos e dos vídeos das suas redes para passar a maior sensação de profissionalismo possível. É importante também definir e buscar um estilo marcante para o que você produz. 

Ferramentas simples podem fazer grande diferença nas suas postagens. (Fonte: George Milton/Pexels/Reprodução)
Ferramentas simples podem fazer grande diferença nas suas postagens. (Fonte: George Milton/Pexels/Reprodução)

3. Conheça e respeite seu público

Uma vez que seu nicho esteja delimitado, use ferramentas como o Google Trends para descobrir os termos mais buscados no seu nicho. Assim, suas postagens estarão sempre em consonância com as novas tendências.

Além disso, vale pensar que seus seguidores são clientes. Então, suas postagens devem oferecer um valor a eles (que eventualmente você poderá monetizar). Quanto mais você pesquisar um conteúdo, mais ideias surgirão para novas postagens.

4. Não tenha medo de vender

Geralmente, só fazer uma publicação não é o suficiente para garantir o engajamento dos seguidores. Por isso, vale a pena divulgar nas diferentes plataformas e também fazer um Call to Action (CTA)

CTA é o convite que se faz para os seguidores executarem alguma ação, como clicar em um link, assistir a um vídeo, ir para outra postagem ou para mídia e até mesmo comprar um produto. Se o seu conteúdo for de qualidade, muita gente vai se interessar. 

5. Seja “orgânico”

A maioria dos usuários estão nas redes sociais e seguem digital influencers exatamente para fugir de “personagens”. Então, quanto mais natural você for, maiores as chances de aumentar a identificação do público com você.

No mesmo sentido de organicidade, evite a compra de seguidores. Hoje, é fácil e barato comprar seguidores, mas essa é uma ilusão que cada vez mais está sendo percebida pelos usuários e pelas empresas.

Os perfis comprados não interagem e existem métricas para medir os níveis de interação nas redes. Vale muito mais a pena ter menos seguidores que confiam em você e se engajam com o que você produz do que pessoas que não interagem. 

6. Profissionalize suas redes

É fácil achar que ser um digital influencer é simplesmente um hobby que deu certo, mas existem muitos passos para profissionalizar seu perfil. Por isso, é importante planejar e ter um cronograma para postagens, investir em parcerias, aprender sobre marketing e, dependendo do seu alcance, até contratar empresas para gerenciar suas redes.

Fonte: Airfluencers, Dinamize, Hotmart, Think with Google, Adweek, Neil Patel, HeroSpark.

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie!

Você está pronto para ser um digital influencer em sua área?

Confira se você sabe de que maneira trilhar um caminho de sucesso como digital influencer

1. Devo escolher um nicho de atuação?
a) Não, quanto mais abrangente, maior é o público que será atingido.
b) Sim, a definição de um nicho ajuda a produzir conteúdo de melhor qualidade e fidelizar o público.
c) Sim, os temas devem ser escolhidos de acordo com a demanda dos patrocinadores.
d) Depende. No início, os temas devem ser mais gerais e aleatórios para que você possa consolidar um segmento de atuação.
e) Não, o seu nicho de atuação deve ser escolhido pelos seus seguidores.

Correto!

Errado!

2. Posso produzir posts sem muita produção?
a) Sim, as postagens menos profissionais são mais autênticas e geram mais empatia do público.
b) Sim, a liberdade de atuação é o maior diferencial da carreira de digital influencer.
c) Não, os posts devem sempre seguir as orientações dos patrocinadores.
d) Não, postagens com qualidade são essenciais para marcar um estilo e gerar confiança.
e) Nenhuma das alternativas.

Correto!

Errado!

3. Qual é a importância da pesquisa de conteúdo?
a) A pesquisa de conteúdo não tem importância, pois a espontaneidade é o principal atributo do digital influencer.
b) A pesquisa de conteúdo é fundamental para se manter em evidência.
c) Os patrocinadores costumam realizar testes de conhecimentos antes de contratar um digital influencer.
d) O digital influencer se torna especialista em um assunto, por isso pode ser cobrado por órgãos fiscalizadores caso cometa algum erro.
e) A pesquisa de conteúdo é essencial para conseguir selos de autenticação nas redes sociais.

Correto!

Errado!

4. O que é Call to Action (CTA)?
a) O CTA é um termo utilizado nas redes sociais para chamar mais seguidores para consumir seu conteúdo.
b) O Call to Action, ou chamada para a ação, é uma importante ferramenta de engajamento.
c) O único objetivo do CTA é fazer os seguidores comprarem seus produtos.
d) O Call to Action é a última etapa antes de uma pessoa se tornar seguidora de um perfil.
e) O CTA é um dispositivo para fazer as pessoas se desconectarem das redes sociais.

Correto!

Errado!

5. Posso comprar seguidores?
a) Sim, a compra de seguidores é uma prática indicada para o crescimento rápido e sustentável.
b) Não, pois essa é uma prática que pode ser punida pelas leis internacionais que regem a internet.
c) Depende do valor de venda e do número de seguidores.
d) Sim, mas somente vale a pena no início da carreira.
e) Não, os perfis comprados não interagem, e os algoritmos percebem isso, dando menos evidência aos seus conteúdos.

Correto!

Errado!

6. Como melhorar o meu trabalho?
a) Mantenha um cronograma organizado, invista em parcerias e conhecimento em marketing ou contrate empresas especializados na área.
b) Existem cursos de doutorado voltados exclusivamente para melhorar o trabalho de digital influencer.
c) Leia o máximo de livros de autoajuda que você puder para se tornar um digital influencer mais confiante.
d) O trabalho de digital influencer só pode ser melhorado a partir das tentativas e erros. Por isso, a prática é fundamental.
e) Procure um curso de língua estrangeira, em especial de inglês, que é o idioma mais falado por digital influencers.

Correto!

Errado!

Compartilhe esse quiz para mostrar seus resultados !

Subscribe to see your results

Você está pronto para ser um digital influencer em sua área?

Eu acertei %%score%% de %%total%%

%%description%%

%%description%%

Loading…

Este conteúdo foi útil para você?

52140cookie-check6 dicas para ser um digital influencer na sua área de atuação

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos