3 cuidados ao abrir um negócio com amigos

Na hora de empreender, é comum que se busque apoio das pessoas mais próximas, e, para desmistificar o ditado “amigos, amigos, negócios à parte”, existem diversos argumentos positivos para iniciar parcerias como essa.

Conhecer antecipadamente o perfil do sócio auxilia na distribuição de responsabilidades para os diversos setores de uma empresa. Isso pode ser ainda mais interessante quando há confiança, respeito, admiração e interesses semelhantes, mas mesmo assim alguns cuidados são necessários.

Confira algumas dicas e saiba como tornar a parceria comercial tão certeira quanto a amizade.

1. Pactue responsabilidades desde o início do projeto

Diálogo é fundamental desde o início do empreendimento. (Fonte: Fizkes/Shutterstock)

No início de um projeto, o que fica mais evidente são os pontos positivos e a esperança elevada em relação ao empreendimento, mas, sob pena de sucumbirem, negócios criados a partir da confiança mútua precisam estabelecer regras muito nítidas sobre o papel de cada um dos envolvidos.

Definir antecipadamente a participação de cada pessoa é importante, e distribuir responsabilidade e carga horária para os sócios é o primeiro passo. Não sobrecarregue um dos lados. Leve sempre em conta o percentual societário de seu cofundador para combinar a atuação proporcional.

Aqui vale o dito popular “O combinado não sai caro”; ou seja, a comunicação sincera é fundamental. A transparência na rotina é importante para alinhar a meta da empresa, então não protele insatisfações ou atitudes divergentes dos objetivos almejados. Isso preservará a empresa (além de amigos e sócios).

2. Reforce a comunicação em tempos difíceis

Crises são momentos de tomar decisões difíceis, por isso se aproxime de seu sócio para diminuir erros e riscos. (Fonte: Pathdoc/Shutterstock)

Um sócio em quem se possa confiar vale ouro, mas não diminui a importância de uma boa comunicação. A nitidez em relação a encontros e divergências e o que se pensa dos rumos do negócio precisa ser reforçada — sobretudo em momentos difíceis. 

As crises fazem parte de qualquer empresa, e em alguns períodos é preciso demitir pessoas, aumentar o capital social, alterar a configuração societária ou lidar com outras situações que exigem coerência e determinação. Fazer isso com uma dupla exige disposição de encontrar sínteses, então mantenha o foco e se concentre em oportunidades e maneiras de administrar situações tensas para que causem o menor impacto possível no negócio. Se necessário, busque ajuda profissional de especialistas na área afetada e, é claro, dos sócios.

Durante a pandemia de covid-19, muitas empresas faliram ou fecharam suas portas temporariamente, por exemplo, mas são muitas as variáveis que interferem no sucesso, por isso é necessário considerar as crises em um âmbito geral. E, quanto menos isolado você estiver, melhor, já que duas cabeças pensam melhor do que uma.

3. Esteja pronto para acolher mudanças

Seja flexível para lidar com ideias vindas de seu amigo e sócio. (Fonte: Lucky Business/Shutterstock)

Ainda que a empresa tenha sido criada com foco específico em um segmento do mercado, esteja atento para eventuais ajustes e até mudanças de planos. No mundo corporativo, nada é estático, e estar acompanhado de um amigo pode ser algo vantajoso.

Mantenha seu sócio sempre atualizado de eventuais oportunidades e se prepare para alterar o direcionamento do negócio, caso necessário. Esteja aberto a receber ideias novas, diferentes daquelas em torno das quais vocês uniram forças. Portanto, seja flexível.

Além disso, mantenha-se informado. Invista parte de seu tempo em palestras, cursos e encontros, pois nessas oportunidades poderá conhecer novas tendências e observar quais inovações sua concorrência lançou. Com duas pessoas lendo o mercado, a probabilidade de acerto é maior.

Não tenha medo de redefinir suas metas para o novo cenário. Esteja pronto para continuar, peça e dê apoio. O otimismo inicial que seu sócio injetou em seus sonhos deve permanecer. E lembre-se: crises são temporárias e desafios aparecerão, mas ter ao lado um parceiro de negócios confiável e que compartilha interesses comuns é algo a se valorizar.

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie!


Você está pronto para abrir um negócio com um amigo?

Responda às questões a seguir e descubra!

1. Quando você cogita empreender, no que você pensa primeiro?
a. Iniciar um negócio em que você possa participar ativamente.
b. Delegar tarefas aos subordinados, mas supervisionar a execução delas.
c. Conhecer antes toda a dinâmica do negócio, por meio de cursos e estágios.
d. Criar parceria com empresas que complementem os seus produtos.
e. Estar presente, mas somente no comando da empresa.

Correto!

Errado!

2. O que você espera da sua rotina?
a. Inovar com frequência para surpreender o público.
b. Discutir com parceiros de trabalho as melhorias necessárias.
c. Estar atento para substituir funcionários em qualquer função que desempenhem.
d. Manter uma consistência e saber o que vai acontecer a cada dia.
e. Incentivar competição entre os colaboradores para fomentar a produtividade.

Correto!

Errado!

3. Na contratação de funcionários, o que você faz?
a. Observa a disposição, o ânimo e a linguagem corporal do candidato.
b. Considera a experiência anterior do candidato como algo positivo.
c. Prefere pessoas sem experiência no ramo, para assim poder treiná-las ao seu modo.
d. Prefere contratar pessoas mais jovens, pois em geral são mais dinâmicas.
e. Considera a apresentação física um fator fundamental.

Correto!

Errado!

4. Imagine que a empresa esteja passando por uma crise financeira. Nesse cenário, qual é a sua atitude?
a. Prefere que os funcionários tenham conhecimento e colaborem com ideias para melhorias.
b. Busca alternativas, incorporando algum nicho de mercado que esteja carente de atendimento.
c. Partilha as suas preocupações, mas assegura que é passageira e não pede colaboração dos envolvidos.
d. Reduz a carga horária dos funcionários e assume mais responsabilidades para si.
e. Não divulga a crise para não deixar os colaboradores inseguros.

Correto!

Errado!

5. Ao expandir o seu negócio, o que você faz?
a. Busca pessoas de sua confiança para o comando.
b. Delega o comando para algum colaborador que demonstrou competência.
c. Avisa sempre que visitará a filial e demonstra empatia com os funcionários.
d. Faz supervisão periódica em todos os setores e solicita alterações necessárias.
e. Prefere fazer visitas surpresas para ver o real andamento da rotina.

Correto!

Errado!

6. Quais são os motivos que te levariam a demitir um funcionário?
a. Chegar atrasado ao trabalho com frequência.
b. Não demonstrar conhecimento sobre os produtos ou serviços.
c. Demonstrar desinteresse em progredir na carreira.
d. Não participar ativamente das reuniões, com sugestões ou críticas.
e. Solicitar alteração no horário de trabalho em razão de curso que esteja fazendo.

Correto!

Errado!

Compartilhe esse quiz para mostrar seus resultados !

Subscribe to see your results

Você está pronto para abrir um negócio com um amigo?

Eu acertei %%personality%%

%%description%%

But I’m also %%personality%%

%%description%%

Loading…


Fonte: Prolucro, Terra, ES Brasil.

Este conteúdo foi útil para você?

42920cookie-check3 cuidados ao abrir um negócio com amigos

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos