10 profissões que devem estar em alta após a pandemia

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie

A pandemia do novo coronavírus modificou várias áreas da economia. De uma hora para outra, diversos profissionais tiveram que se adaptar ao trabalho remoto, e algumas funções se mostraram ainda mais essenciais nesse momento. Empresas também precisaram lutar contra a crise econômica.

Com a retomada da economia, algumas funções sofreram modificações e outras surgiram no que vem sendo chamado de “novo normal”. Estar atento a essas tendências é uma maneira de conseguir uma boa inserção no mercado de trabalho, por conheça as carreiras que devem ser muito procuradas nos próximos anos.

1. Administrador de banco de dados

Aqui no Brasil entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que regula como as empresas capturam e armazenam informações de clientes. O administrador de banco de dados é o profissional responsável por garantir que esses materiais sejam tratados com segurança, principalmente pelo fato de muitas empresas estarem adotando o trabalho remoto, que prevê o armazenamento dos serviços de maneira descentralizada.

2. Analista de social media

As redes sociais já estavam mostrando seu poder antes mesmo da pandemia, mas após a crise sanitária mundial podem se tornar essenciais, principalmente porque as mídias digitais têm sido canais importantes para a legitimação de grandes marcas junto ao público.

Em um mercado que preza cada vez mais pela transparência, entender como as empresas se reergueram e como estão levando suas funções com segurança são fatores que podem ser comunicados à sociedade pelo gerente de mídias sociais.

3. Planejador financeiro

Planejador financeiro. (Foto: Pixabay)
Planejador financeiro é um dos profissionais que deverão ser mais requisitados no pós-pandemia. (Fonte: Pixabay)

Várias carreiras relacionadas às finanças devem prosperar nos próximos meses, pois a pandemia gerou queda de rendimento em muitas organizações e escancarou a necessidade de profissionais que pensem as despesas e as receitas de maneira estratégica. Um gestor financeiro também pode ajudar a controlar as economias pessoais de muita gente e indicar os melhores recursos para se investir.

4. Vendedor de seguros

O coronavírus mostrou o quanto as pessoas são vulneráveis à natureza. Durante a pandemia, muitos procuraram serviços de seguro de vida ou de saúde com medo de contrair a covid-19. Esse é, portanto, um mercado que deve aumentar nos próximos anos, principalmente pelo receio de que novas doenças surjam ou até mesmo exista uma segunda onda de infecções pelo Sars-CoV-2.

5. Engenheiro de softwares

Muitas companhias estavam notando a importância de digitalizar suas funções, e oferecer um serviço digital em um mundo que tem feito praticamente tudo pela internet é um caminho buscado por diversos empresários. Assim, engenheiros e desenvolvedores de softwares devem ganhar um gás mesmo com o fim da pandemia, já que muitas organizações devem seguir atuando em esquema de home office.

6. Veterinário

Veterinários. (Foto: Pixabay)
Medicina veterinária foi um dos setores que menos sentiram os impactos da atual crise. (Fonte: Pixabay)

A pandemia fez com que muitas pessoas passassem mais tempo em casa com seus animais de estimação, então muitos donos de pets procuraram veterinários, e o setor foi um dos que menos sentiram o impacto da crise econômica decorrente da covid-19. Esse comportamento deve continuar nos próximos anos, com cada vez mais pessoas prestando cuidados aos bichinhos.

7. Terapeuta e instrutor

O estresse causado pela pandemia fez muita gente procurar formas de tratar a mente. Houve aumento na busca por psicólogos, bem como por formas alternativas de relaxamento, como terapia holística e yoga.

8. Biotecnólogo

A pandemia colocou profissionais de diversos segmentos da saúde em uma busca desenfreada por uma vacina, por isso funções que lidam diretamente com a área, sobretudo aquelas ligadas à tecnologia, como o biotecnólogo, devem ser bastante valorizadas daqui para frente. Esse profissional utiliza novas tecnologias para fazer pesquisas de medicamentos e melhoramentos genéticos.

9. Profissional de gestão de pessoas

Profissional de gestão de pessoas. (Foto: Pixabay)
Profissional de gestão de pessoas deve ser bastante requisitado no pós-pandemia. (Fonte: Pixabay)

Para selecionar quem são os trabalhadores mais adaptados às novas funções, o profissional de recursos humanos precisará estar atento às tendências do mercado, por isso equipes de gente e gestão capacitadas serão altamente demandadas.

10. Especialista em sustentabilidade

As mudanças climáticas estão levando diversas companhias a adotarem uma pegada mais sustentável. Assim, a próxima década deve ver prosperar o profissional responsável por preparar a empresa para causar o menor impacto ambiental possível.

Fonte: GaúchaZH, Infomoney, Student Loan Planner, Salary.

Conheça mais sobre os cursos de pós-graduação do Mackenzie

O que achou?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0