Os desafios de ensinar Educação Física na pandemia

Durante o período de distanciamento físico, por se tratar de um componente essencialmente presencial, a palavra de ordem foi reinvenção por parte da equipe de professores dos Colégios Mackenzie (Brasília, São Paulo e Tamboré).

Confira algumas dicas para ensinar Educação Física na pandemia.

Conquiste a confiança dos alunos

Entre as propostas, Adailton Sant’Anna do Mackenzie Brasília, com 24 anos de casa, se divertiu ao explorar esse desafio com suas turmas. “Precisamos inovar, chamar a atenção, e, por isso, buscamos algumas ideias”, conta o professor citando a dificuldade dos alunos de exibirem seus rostos nas videoaulas. Ele pediu que todos abrissem suas câmeras. “Fiquei surpreso. Me emocionei por vê-los.”, conta. “Conquistamos as famílias e os alunos. Todos acreditam em nosso trabalho. Os professores foram e estão sendo magníficos em suas atuações.”

Planeje sequencias didáticas

“Com relação à grade curricular, especialmente neste período, temos levado o ensino da matéria em uma sequência didática que contém: uma videoaula, na qual o conteúdo e as definições são passados aos alunos e que geralmente gera um arquivo de registro ou um formulário para que acompanhemos o desenvolvimento das atividades; uma live, aula ao vivo e assíncrona, na qual o conteúdo da videoaula é reforçado e trabalhado com os alunos, envolvendo mais interação; e as tarefas, que são encaminhadas por fotos e vídeos”, complementa Adriano Bareia, do Mackenzie São Paulo e com 19 anos de casa.

Ainda, Marcelo Almeida, do Mackenzie Tamboré, ressalta a importância de envolver a família nas atividades remotas. “No Tamboré, por exemplo, temos atividades para os pais, como treinos de vôlei e pilates”, destaca.

Seja atento 

É um consenso entre os profissionais ser preciso entender o contexto do aluno e adaptar as atividades a ele. 

“Passamos a conhecer melhor nossos alunos e a saber aquilo que eles têm aprendido ou precisa ser reforçado. A aula é mais personalizada. As famílias, também, passaram a conhecer melhor o componente curricular da Educação Física na escola, que não é um conteúdo secundário. É fundamental.”

Fonte: Sistema Mackenzie de Ensino.

Já conhece o Sistema de Ensino Mackenzie? Venha nos conhecer!

Este conteúdo foi útil para você?

43540cookie-checkOs desafios de ensinar Educação Física na pandemia

Cadastre-se na newsletter

E receba conteúdos exclusivos