A importância do ensino de História

Originalmente, a palavra história guarda o significado de descoberta, exploração, in­vestigação. Na Grécia antiga, os primeiros historiadores faziam uso de relatos de viajantes sobre terras e povos distantes – por­tanto, relatos derivados de exploração – para rechear suas narrativas. É de Heródoto de Halicarnasso (485 a.C.‑425 a.C.), o primeiro dos grandes historiadores, uma formulação consagrada do propósito da disciplina: a es­perança de “proteger da decadência a me­mória do que os homens fizeram”.

Observe a seguir alguns pontos interessantes sobre a importância do ensino de História.

O passado pode influenciar o presente

Muitas ações humanas repercutem para além do instante presente em que são rea­lizadas; algumas reverberam de fato para a posteridade. Uma decisão política de difícil reversão pode levar uma nação a décadas de problemas e sofrimento. As ações humanas se concatenam em uma vasta teia de causas e consequências que permite que a condição presente de uma família ou de um país seja entendida com base em suas escolhas e ações passadas.

Preservar a identidade e a cultura

A História trabalha para a preservação e, eventualmente, a restauração de fenômenos culturais, sociais e intelectuais que se manifestaram no passado e que correm risco de ser extintos da memória coletiva. Nesse sentido, a História é guardiã do passado e da identidade de povos e culturas – tanto das coisas boas que ali habitam quanto das coisas más. Ela ameniza e remedeia o esquecimento de valores, ideias, fatos e princípios históricos que se perdem ou podem se perder no tempo.

Conhecer os erros e acertos do passado 

Um estudo cuidadoso da História pode mostrar a natureza das ações e ideias que edificam e favorecem as civilizações e daquelas que trabalham no sentido oposto. A História, assim, é um reservatório de vícios e virtu­des que deve ser investigado com diligência para que se afastem aqueles e se promo­vam estas no presente e no futuro.

O estudo da História é, além disso, uma importante ferramenta de avanço no pro­cesso civilizacional – um ponto relevante que vale para todos os componentes escolares e para o conhecimento em geral. O que seria da humanidade se, a cada problema colo­cado pela conjuntura política, pelos anseios sociais ou mesmo pela pesquisa científica, os homens iniciassem a busca pela resposta a partir do zero? A História preserva ques­tões e respostas que já foram elaboradas e esmiuçadas no passado e que podem servir como ponto de partida para uma discussão mais bem fundamentada e profícua.

Fonte: Sistema Mackenzie de Ensino na Prática.

Gostou deste conteúdo? Leia mais sobre gestão pedagógica.

Este conteúdo foi útil para você?

41770cookie-checkA importância do ensino de História