O feedback está presente na vida de todos os profissionais, independentemente de área de atuação ou do cargo. É ele quem diz como está o desempenho do colaborador na empresa, quais são os pontos fortes e as características que precisam melhorar para que haja uma boa performance. No começo da carreira, o retorno pode parecer assustador, mas, na verdade, é um impulso para ajudar a alcançar oportunidades ainda melhores.

Para que você saiba ouvir, aprender e usar o feedback para crescer profissionalmente, confira algumas dicas para entender melhor esse recurso usado pelos gestores.

O que é feedback?

(Fonte: Freepik)

O feedback é uma prática corporativa na qual o gestor ou o responsável pelo setor de recursos humanos conversam com um candidato ou colaborador para avaliar o desempenho, motivar ou incentivar o aprimoramento de habilidades que ainda não são aproveitadas ou estão com baixo rendimento.

As conversas podem ser positivas, trazendo os pontos de destaque de uma pessoa, ou negativas, abordando aspectos que devem ser melhorados. Ambos podem ser vistos como construtivos, pois fazem com que o profissional enxergue onde deve melhorar e qual caminho deve seguir para alcançar o posto de trabalho que deseja. Para isso, é essencial respeitar o gestor durante o feedback e entender o ponto de vista dele e da empresa. A partir daí, se necessário, é importante refletir e encontrar maneiras de corrigir as falhas (se houver) e manter os pontos positivos.

Vantagens do feedback

(Fonte: Freepik)

O ideal é que as empresas estabeleçam uma rotina de conversas com os colaboradores, para que eles estejam em constante evolução. Além disso, é importante lembrar que o feedback deve ser mútuo, ou seja, a empresa faz para o colaborador e o colaborador o faz para a empresa ou o gestor.

A prática, quando constante, pode trazer inúmeros benefícios:

  • contribui com a autoestima dos profissionais;
  • melhora o desempenho, já que as pessoas podem corrigir os pontos negativos;
  • contribui com o senso de pertencimento dos profissionais;
  • motiva os colaboradores, que se sentem desafiados a melhorar;
  • estabelece uma relação de confiança e parceria entre a empresa e o colaborador;
  • incentiva o diálogo entre as pessoas;
  • faz com que o ambiente de trabalho se torne mais saudável e maduro.

O que você pode aprender ao receber um feedback?

(Fonte: Freepik)

O feedback não é um bicho de sete cabeças. Se você souber lidar com ele de maneira madura, vai entender que é um verdadeiro incentivador para o seu crescimento. Veja o que você pode aprender ao ter uma conversa com o seu gestor.

Identificar seus pontos fortes

Com o feedback, você ouve do seu gestor quais são os seus pontos fortes e pode aprimorá-los cada vez mais. Esses aspectos podem ajudá-lo a alcançar novas posições de trabalho na empresa e até mesmo em uma nova área de atuação.

Saber quais pontos deve melhorar

Você não deve ter medo do feedback negativo, pois ele pode ajudá-lo a identificar os pontos em que você não está performando bem e buscar soluções para eles.

Ficam mais claras as oportunidades na empresa

Ao conhecer o seu perfil, a empresa pode viabilizar um plano de crescimento de acordo com as suas habilidades e o seu desenvolvimento.

Saber qual caminho percorrer para crescer

Conhecer as suas habilidades e os pontos de melhoria ajudam a traçar um caminho mais rápido para alcançar os seus objetivos, já que você sabe exatamente o que melhorar e o que estudar.

Sentir-se desafiado

Se você conhece o seu perfil profissional e sabe aonde quer chegar, fica mais fácil encontrar motivação para realizar esse desafio. A busca constante por ser um profissional melhor também ajuda a manter o foco e a persistência.

A empresa confia mais em você

Ao manter um diálogo verdadeiro e respeitoso com a empresa e o gestor, você se sente mais seguro e a empresa passa a confiar mais em você, pois sabe que está do lado dela.

Confira mais dicas para potencializar sua carreira!