Fazer a gestão de pessoas em uma empresa pode impactar em todos os aspectos, já que uma boa coordenação economiza recursos, atrai clientes, gera melhores resultados e faz com que a produtividade alcance seus maiores picos.

No entanto, para fazer isso do jeito certo é preciso saber o que é mito e o que é verdade sobre a gestão de pessoas. Confira alguns exemplos.

(Fonte: Wy Ser Solution)

Toda empresa deve investir em gestão de pessoas

Verdade. Não importa o número de colaboradores, saber lidar com a gestão de pessoas faz toda a diferença para empresas de todos os tamanhos. Afinal, essa administração interfere no desempenho da equipe, nas regras da empresa, nos programas e eventos oferecidos e até mesmo no resultado dos projetos.

Os colaboradores são os melhores recursos que uma empresa pode ter, e, em uma companhia pequena, saber gerenciar uma equipe é o primeiro passo para fazer com que o time cresça com a expansão do negócio.


A gestão de pessoas é muito cara

Mito. Mesmo que seja necessário recorrer a um serviço terceirizado de recursos humanos ou abrir um setor específico para gestão de pessoas em sua empresa, o custo-benefício vale a pena. Utilizando softwares e métodos amplamente conhecidos, você pode fazer esse gerenciamento de maneira barata e eficiente.

A gestão de pessoas é de responsabilidade exclusiva do RH

Mito. Mesmo que o setor de Recursos Humanos seja responsável pela contratação e avaliação dos funcionários, a gestão de pessoas é feita no dia a dia por todos que ocupam posições de liderança na empresa. Quando um coordenador de equipe dá um feedback apropriado para um colaborador, por exemplo, ele também faz parte dessa gestão.

Incentivos devem ir além do financeiro

(Fonte: Decoração Web)

Verdade. Engana-se quem acha que incentivos financeiros são os únicos que fazem a diferença para os colaboradores. Mesmo que todos gostem e mereçam ser bem remunerados pelo bom trabalho realizado e que toda grana extra no fim do mês seja bem-vinda, existem diversos tipos de incentivo que podem motivar a equipe, melhorar seu desempenho e estreitar os laços entre a empresa e os funcionários.

Uma parceria que valha a pena para a equipe, dias de home office, viagens de incentivo… o importante é que o trabalhador se sinta reconhecido e fique motivado para fazer sempre o melhor.


O RH deve trabalhar com toda a empresa

Verdade. O setor de Recursos Humanos não deve ser algo à parte, isolado e que só cuida de admissões e demissões. Ele deve ser incluído na estratégia de crescimento da companhia e trabalhar com outros setores para contratar e gerenciar os colaboradores ideais para cada projeto.

Feedbacks são críticas

Mito. Dar um feedback não é simplesmente criticar as atitudes de alguém, mas sim ajudar a chegar a uma solução para que o trabalho melhore dali em diante. Não é simplesmente dizer que algo está errado, porque apenas constatar um erro não leva a um resultado frutífero.

O feedback é uma forma de garantir que o que está certo continue acontecendo, com elogios e incentivos, e que o que está errado seja esclarecido e melhorado.


A gestão de pessoas deve contar com a tecnologia

Verdade. Hoje em dia, são poucos os setores que podem seguir em frente sem uma ajudinha da tecnologia. Usando um bons softwares e aplicativos, o RH consegue calcular a folha de pagamento, analisar o sistema de ponto para gerenciar horas extras, organizar informações de funcionários, criar incentivos e muito mais de maneira simples, eficiente e econômica.

Quanto mais treinamentos, melhor

Mito. Mesmo que ofertar treinamentos seja essencial para sua empresa, a qualidade sempre deve estar acima da quantidade. Oferecer cursos que realmente agreguem valor à carreira dos colaboradores é muito mais importante do que apresentar diversos assuntos que não gerem tanto impacto assim.

Faz parte da gestão de pessoas descobrir quais são os conhecimentos, as habilidades ou as atitudes que precisam ser melhoradas na equipe e garantir que todos tenham oportunidade de melhorar nesses quesitos.


Um RH ativo realiza muitas pesquisas

(Fonte: Human Resources Path)

Mito. Pesquisas de clima e avaliações de desempenho são importantes para analisar como está o andamento da empresa e o que pode ser melhorado; por isso, elas devem ser incluídas na estratégia do RH. Porém, pesquisas repetitivas e que não proporcionam mudanças não trazem nada de novo para a equipe — além de desperdiçarem o tempo dos colaboradores.

Não é possível calcular o ROI da equipe

Mito. O retorno sobre investimento, também conhecido como ROI, é o cálculo dos custos e dos resultados do negócio, então é possível calcular o quanto sua equipe está retornando. É claro que para fazer isso é preciso consultar profissionais competentes que realmente entendam como realizar essa avaliação. Nesse momento, os setores de Recursos Humanos e Financeiro devem se unir para descobrir se os investimentos em pessoal estão valendo a pena.

Conhecendo mitos e verdades sobre gerenciamento, sua empresa terá muito mais sucesso na gestão de pessoas, e sua equipe crescerá com o sucesso do negócio.