Pode ser que você não se dê conta hoje — nem amanhã ou daqui a 1 ano. Talvez só entenda quando algum negócio estiver sob a sua responsabilidade: contabilidade é poder.

Afinal, toda instituição dedica uma atenção especial à área contábil, pois é nesse setor que a mágica do equilíbrio das contas acontece. As funções desempenhadas pelo contador vão muito além da declaração de Imposto de Renda.

É importante manter isso em mente ao longo da graduação, para não se perder em meio à rotina intensa de estudos sobre matemática, legislação e gestão.

Se você considera essa carreira atrativa, confira neste artigo como é curso de Contabilidade.

A jornada

(Fonte: Giphy)

Para se tornar um contador, é preciso cursar o bacharelado em Ciências Contábeis. Em geral, o curso é composto por 8 semestres, totalizando 4 anos para a construção do profissional.

O diploma do bacharel é válido em todo o país, desde que o seu curso esteja devidamente registrado no Ministério da Educação (MEC).

Ao longo da faculdade, esteja preparado para mergulhar nas disciplinas de Matemática, Direito, Economia e Administração. E o termo é mergulhar mesmo, pois a cada semestre as matérias ganham mais complexidade.

Jamais se esqueça, porém, que o preparo técnico e a visão analítica vão impedir a queda de produtividade da empresa — ou, eventualmente, caso você vá para o setor público, do próprio país.

Diferenciais

(Fonte: Giphy)

O leque de opções profissionais fazem do curso de Ciências Contábeis um dos cinco mais procurados do país, segundo levantamento do MEC. Mas, calma! Existem caminhos para se diferenciar ainda durante a faculdade.

Algumas universidades oferecem mais disciplinas e projetos sobre empreendedorismo e visão estratégica de negócios. Estudos de caso e até projeções de empresas integram as atividades curriculares.

É importante estar antenado com as tendências econômicas e desenvolver a capacidade de análise de negócios. O estágio não costuma ser obrigatório, mas, se surgir a oportunidade de adquirir experiência como estagiário ou trainee, esse pode ser outro diferencial.

Credenciais

(Fonte: Giphy)

Após a formatura, os novatos devem ser aprovados em uma prova do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) para exercerem a função. Esse exame é essencial para garantir que o estudante absorveu a ética, o rigor técnico e a capacidade de análise necessárias para cuidar do patrimônio alheio.

Versatilidade

(Fonte: Giphy)

O profissional pode atuar em diferentes funções. Nas empresas, o contador pode ser responsável pelo controle do fluxo financeiro, uma área crucial na tomada de decisões de uma companhia.

Se interessou pela área? Leia mais sobre o curso de Ciências Contábeis!