O jornalismo é uma atividade muito importante para a sociedade: no papel de comunicador, você contribui para que o público se mantenha informado, ajuda uma empresa ou organização a se expressar melhor e transmite conhecimentos para mais gente sobre as mais diversas áreas, como esporte, cultura, política e a vida na cidade.

Como características básicas, um estudante de Jornalismo precisa ser curioso, gostar de ir a fundo em explicações e detalhes. Além disso, ler bastante será essencial, seja nas aulas ou em pesquisas durante a carreira.

Mas você sabe quais são as áreas de atuação do jornalista? Elas vão muito além do simples trabalho como repórter ou âncora de jornal — e uma delas pode ser a que você procura para entrar nessa área. Conheça a seguir alguns dos caminhos desse profissional.

Reportagem e produção de conteúdo

(Fonte: Giphy)

O jornalismo não deve ser reduzido ao cargo de apresentador, redator ou repórter, mas é fato que essa é a carreira mais comum e mais divulgada quando o assunto é o mercado de trabalho.

O repórter é o responsável por produzir matérias, com pessoas envolvidas em todas as etapas: desde encontrar assuntos relevantes até fazer entrevistas, passando pela escrita do texto e gravação, no caso de rádio ou TV. Apresentadores, ou âncoras, às vezes já recebem o conteúdo pronto, mas têm a importante função de passar a mensagem da melhor forma possível.

Em redação para a internet, agilidade e conhecimento sobre o tema são características essenciais para quem deseja uma carreira na área.

Dentro da faculdade, você entra em contato com os diferentes meios: rádio, televisão, jornais ou revistas impressas e internet. Cada um pede linguagem e características específicas no conteúdo, e você com certeza vai encontrar um formato favorito.

Assessoria de imprensa e comunicação corporativa

(Fonte: Giphy)

A assessoria de imprensa é a área que cuida da comunicação externa de uma empresa, relacionando o nome da marca com a mídia, publicando conteúdos sobre o que é desenvolvido internamente e fazendo o relacionamento também com o público.

Esse setor é originalmente trabalho de Relações Públicas, mas o jornalista foi aos poucos se aproximando da atuação, pela facilidade na produção de textos e material audiovisual, além de conhecer bem o outro lado, que é o de veículos de imprensa.

Além da assessoria, que é mais voltado para a parte externa, um jornalista pode cuidar da comunicação corporativa de uma companhia. Isso significa fazer jornais ou programas internos e até divulgar conteúdos sobre a empresa para os próprios funcionários.

Redes sociais e plataformas digitais

(Fonte: Giphy)

As novas tecnologias de comunicação também geram novas necessidades no mercado e, consequentemente, profissionais que dominam essas ferramentas. É o caso dos social media, que são os responsáveis por cuidar de contas de marcas, veículos e até pessoas nas redes sociais.

Essa área é próxima ao marketing e ao curso de Publicidade, mas o jornalista pode assumir esses cargos, especialmente na produção de conteúdo para essas plataformas. Criar postagens para Facebook, Twitter, Instagram ou YouTube e gerenciar as comunidades formadas por lá são trabalhos que exigem domínio da plataforma, boa linguagem e muito conhecimento sobre o tema.

Fotografia e edição

(Fonte: Giphy)

Por fim, os jornalistas também podem se especializar na parte técnica dos instrumentos da profissão, tornando-se referência no assunto e integrando equipes de produção de conteúdo.

Caminhos possíveis incluem fotojornalismo, para amantes da fotografia que curtem cobrir eventos e capturar os momentos certeiros, ou edição de áudio e vídeo, que envolve transformar completamente uma gravação em um produto com efeitos, filtrado e pronto para rádio, televisão ou internet. A capacidade de conhecer as técnicas e fazer todo o processo de montagem com agilidade é muito valorizada no mercado.

Prepare-se!

(Fonte: Giphy)

O jornalismo é uma área apaixonante, com um trabalho que coloca você em contato com diferentes conteúdos a cada dia, testando as suas habilidades e levando informação para muita gente. O curso dessa área também é variado, com aulas teóricas e práticas que colocam você em contato com os meios de comunicação e formatos, para que você ache aquele que é a sua cara. Curtiu alguma dessas áreas? Então procure saber mais sobre ela, mergulhe nos estudos e boa sorte!


Se interessou pela área? Leia mais sobre o curso de Jornalismo!