Quem se divide entre o trabalho e a faculdade sabe: jornadas duplas são um desafio e tanto. No sufoco do corre-corre, porém, muita gente se perde na tentativa de fazer tudo caber nas 24 horas do dia e acaba se esquecendo de que o segredo da produtividade não está no acúmulo de tarefas, mas na busca pelo equilíbrio entre obrigações e pequenas recompensas. Foi pensando nisso que listamos cinco dicas para quem quer levar a vida profissional e acadêmica com um pouco mais de leveza.

São orientações simples e práticas, fáceis de incorporar ao dia a dia, e que ajudam a repensar a maneira como você tem organizado sua rotina e definido suas prioridades. Você logo verá: pequenos ajustes podem, sim, ajudar a tornar a jornada dupla mais leve. Confira!

Respeite os seus limites

Os prazos e as tarefas do trabalho e da universidade têm feito você se sentir sobrecarregado? Então é hora de parar e dedicar alguns minutos à organização da sua rotina. O primeiro passo, portanto, é entender que esse esforço todo só vai ser produtivo se respeitar os seus limites pessoais. Quando for montar a sua grade de horários, antes do período letivo, reflita sobre o número de matérias que pretende cursar e faça suas escolhas de maneira consciente, dentro dos limites possíveis.

Mesmo que a sua previsão de formatura sofra algum atraso, não deixe de ponderar a respeito dos seus compromissos e refletir se vale a pena levar a faculdade em um ritmo mais tranquilo, especialmente se o seu trabalho demandar

Organize-se de maneira prática

Quer uma dica ótima para botar ordem nos seus compromissos? Então anote aí: com o método Bullet Journal, tudo de que você precisa para se organizar melhor é um caderno vazio. Basicamente, a ideia se resume à criação de anotações mensais com duas divisões: uma página que concentra todos os dias do mês, onde você pode listar tarefas mais importantes, e uma sequência de páginas a serem preenchidas dia após dia, com as tarefas cotidianas.

O método é totalmente customizável, ou seja, pode ser adaptado para atender às suas necessidades mais específicas, mas a ideia é que você crie um padrão para marcar tarefas e eventos como pendentes, concluídos, cancelados ou adiados. Assim, além de criar o hábito de ler e escrever sobre a sua rotina diária – o que por si só já é algo bastante produtivo –, você retoma o controle sobre as suas tarefas e consegue visualizar o que tem pela frente. Acredite, isso faz muita diferença.

Use a tecnologia a seu favor

Descubra novas maneiras de ser produtivo usando a mesma ferramenta que às vezes é responsável por minar a sua atenção: o celular. Apps como o Focus Keeper (para Android e iOS) usam a estratégia Pomodoro, baseada na ideia de que a concentração e o rendimento podem ser maiores se forem equilibrados com pequenos intervalos. Assim, você pode alternar sequências de estudo ou trabalho com pausas de maneira automatizada, lembrando quando é hora de parar, respirar e relaxar.

Além disso, repense a sua presença nas redes sociais. Será que você tem perdido muito tempo navegando por feeds que não agregam tanto assim? Considere descobrir redes novas, com propostas mais produtivas, como o Skoob e o Goodreads, de leitura; o Filmow e o Letterboxd, de cinema; o TV Time, de séries de TV; e o Pinterest, de inspirações visuais e criatividade. Além de mais interessantes, elas combinam muito bem com o próximo tópico da nossa lista: o seu lazer.

Reserve um tempo para se divertir

Nunca negligencie a importância dos seus momentos de lazer. No seu caderninho, anote uma lista de coisas que fazem você se sentir bem. Quer dicas? Descobrir as músicas de um artista novo, assistir àquele episódio pendente da sua série predileta, ler um artigo interessante que você salvou sabe-se lá há quanto tempo – todas são pequenas recompensas para se dar no dia a dia.

Pense também em recompensas maiores, como um passeio no fim de semana, um livro novo ou, quem sabe, algum tempo sem fazer nada, de pernas para o ar. Lembre-se: a disciplina também é bem-vinda na hora de respeitar o seu lazer.

Cuide da saúde e mantenha bons hábitos

Se a rotina de trabalho e estudo impede você de se exercitar, lide com isso sem peso na consciência e tente priorizar sono e alimentação de qualidade. Mesmo com um cotidiano puxado, faça o possível para criar um ambiente de sono tranquilo e acolhedor. Seria ótimo evitar o celular antes de dormir; porém, se tiver dificuldade para adormecer, considere usar um app de meditação e relaxamento.

O Calm, para Android e iOS, é uma alternativa gratuita e bastante útil. Se preferir, recorra a serviços como Deezer e Spotify, que têm playlists relaxantes criadas por especialistas que sabem tudo sobre os efeitos da música na qualidade do sono. Explore as possibilidades e descubra o que mais agrada os seus ouvidos.

Pode parecer que não, mas às vezes bastam algumas mudanças em hábitos para que a sua rotina se torne menos pesada. E você, tem mais dicas para ajudar quem vive essa rotina dupla? Deixe nos comentários!