Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie

Se antigamente era mais difícil ouvir falar em transição de carreira, hoje essa prática vem se tornando cada vez mais comum no mercado de trabalho. Isso acontece por diversos motivos: escolha de carreira cedo demais, mercado em crise, incompatibilidade da atual profissão com a construção da família, entre outros.

Como em toda mudança, é preciso tomar as decisões de forma planejada e cautelosa, para que a saúde financeira e a vida pessoal não sejam prejudicadas. Confira quatro dicas para fazer uma boa transição de carreira.

1. Analise o que você quer

(Fonte: Giphy)

Normalmente, quando se pensa em trocar de área, a decisão é fruto de várias reflexões. No cerne de tudo isso está a busca pela felicidade. Por isso, é importante elencar as suas principais características e habilidades para entender como elas podem ser usadas na vida profissional.

Liderança: saiba como estimular seu time

Por exemplo, você tem um perfil mais analítico? Procure uma carreira que possa potencializar essa habilidade. Além da personalidade, procure identificar quais valores são essenciais para você. A partir dessas pistas, comece a fazer o esboço da sua nova carreira.

2. Faça um planejamento

(Fonte: Giphy)

Se você já começou a visualizar o seu objetivo, é hora de se planejar. Prepare-se para uma mudança salarial logo de início, já que você estará começando do zero em uma nova área. Calcule qual é o mínimo de que precisa para manter o seu padrão de vida e analise quanto tempo vai demorar para alcançar esse valor novamente.

A partir disso, é possível saber quanto dinheiro vai ser necessário juntar para não passar necessidades. Se você ainda não tem um planejamento financeiro, é uma boa hora para começá-lo.

3. Estude bem o mercado

(Fonte: Giphy)

Já decidiu qual área vai seguir e começou a juntar o dinheiro? É hora de prestar atenção em como anda o seu mercado futuro: se está havendo ondas de demissões, se as empresas estão investindo mais, quais são as novidades etc. Use o tempo para aproveitar o momento certo para embarcar nessa.

Na pesquisa, procure ativar os contatos que já trabalham na área ou avise aos seus colegas sobre a sua transição de trabalho, para que eles possam ajudá-lo. Aproveite para deixar claro em suas redes sociais sobre o seu novo foco.

4. Segure as expectativas

(Fonte: Giphy)

Chegou o momento da transição de carreira? Sentir empolgação é ótimo, mas não se esqueça de manter os pés no chão. Toda essa preparação é importante para você se manter firme diante das dificuldades. Ainda assim, não deixe de celebrar as pequenas conquistas.

Em vez de colocar metas muito distantes, trace objetivos alcançáveis para se motivar com cada passo alcançado. A mudança de carreira é lenta, portanto é válido seguir esse caminho com calma, sem deixar de aproveitar a viagem.

Millennials e os espaços de trabalho: entenda a relação

Muitas pessoas podem se perguntar se existe um limite de idade para fazer a transição de carreira. E a resposta é simples: você é quem decide. Mesmo que tenha investido 30 anos em determinada área, mudar não vai jogar toda a sua experiência fora.

Lembrar-se de que todo o caminho que percorreu vai prepará-lo para entrar em uma nova área com muita bagagem e maturidade.

Fonte: Parmais e CIO.

Conheça mais sobre os cursos de pós-graduação do Mackenzie