Mesmo sendo um curso bastante conhecido, várias pessoas ainda têm dúvidas em relação ao curso de Engenharia Civil: o que exatamente é estudado, o perfil do aluno e o que é possível fazer após se formar. Pensando nisso, reunimos algumas informações interessantes para você conhecer melhor a graduação em Engenharia Civil.

O que um engenheiro civil faz?

O profissional formado no curso de Engenharia civil projeta, gerencia e executa obras de casas, edifícios, pontes, estradas, viadutos e barragens. Ele é presente em todas as etapas da construção, ajudando na análise do solo e no estudo da insolação e da ventilação do local, além de especificar como serão as redes de instalação elétrica, hidráulica e de saneamento de uma edificação.

Cabe ao engenheiro civil comandar as equipes de trabalho e cuidar de prazos, custos, segurança e padrões de qualidade. Ainda, o profissional pode trabalhar na administração de recursos, gerenciando a infraestrutura e a ocupação de um edifício.

(​Fonte: Pexels)

Muitos confundem Engenharia Civil e Arquitetura, já que algumas funções dos cursos parecem bastante similares. O arquiteto organiza e projeta espaços de acordo com a funcionalidade, o conforto e a estética. Já o engenheiro civil projeta, gerencia e executa obras, construções e reformas, garantindo a sua estabilidade e segurança.

É válido comentar que o curso de Engenharia Civil é um dos mais concorridos do Brasil e o currículo inclui algumas disciplinas complexas, envolvendo contas e cálculos.

Quais são as matérias do curso?

O curso de Engenharia Civil é composto por 10 semestres, período em que o aluno deve estudar disciplinas relacionadas às Ciências Exatas e temas abordados nas áreas de Administração e Economia.

Nos primeiros semestres, o aluno tem encontro com matérias como Física Geral e Experimental, Fundamentos da Matemática e Ciências e Tecnologia e Sociedade na Engenharia. Conforme o seu avanço no curso, é preciso estudar Hidráulica, Topografia, Geoprocessamento e Fundações.

Já nos últimos semestres, além de estagiar, o aluno tem maior contato com disciplinas mais voltadas a uma especialização, que pode ser construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia.

Compreendendo o mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os formados em Engenharia Civil pode variar consideravelmente dependendo do estado da economia do país; a área é reconhecidamente vulnerável a mudanças econômicas. Em situações em que o setor de construção civil estiver em alta, o profissional terá oportunidades de negócios que devem ser aproveitadas e administradas, considerando os momentos de eventual escassez de trabalho.

Os profissionais podem atuar em empresas privadas ou públicas, exercendo funções em escritórios de arquitetura, transporte, refinarias, saneamento, geotecnia e navios.

(​Fonte: Pexels)

O salário depende do cargo exercido, mas o valor para um profissional no início de carreira costuma ser de, aproximadamente, R$ 2,5 mil — valor que pode subir consideravelmente conforme a experiência e a própria empresa. Tendo isso em mente, é possível ter uma noção de como planejar sua carreira após a conclusão do curso.

Ainda não sabe qual profissão seguir? Acesse nosso guia de profissões 360!