Bastante populares na internet, os vídeos de ASMR - sigla para Autonomous Sensory Meridian Response, Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano, em português - são capazes de induzir seus espectadores a um estado de relaxamento por meio de barulhos como sussurros, movimentos de talheres e batidas de chuva na janela.

O termo surgiu em 2010, quando a profissional de cibersegurança estadunidense Jennifer Allen definiu a técnica como um estímulo capaz de acalmar a ansiedade.

A ciência comprova a hipótese. Um estudo recente feito pela Universidade de Sheffield no Reino Unido apontou que o ASMR realmente pode despertar uma sensação de relaxamento nas pessoas e acarretar até mesmo a diminuição da frequência cardíaca.

Durante a pesquisa, os participantes assistiram a dois vídeos: um de ASMR e um não relacionado ao assunto. Os indivíduos do grupo introduzido à técnica tiveram uma queda considerável dos batimentos do coração e apresentaram maior número de emoções positivas durante o processo. Separamos 5 dicas para que você possa utilizar essa técnica em seu dia a dia, a fim de desenvolver seu potencial produtivo e estudar melhor.

ASMR para dormir melhor

(Fonte: Giphy)

Em entrevista para o programa Bem Estar, da TV Globo, a pediatra Ana Escobar explica que ter uma boa noite de sono é essencial para o corpo humano. É durante a noite que ocorre a restauração do sistema nervoso central, responsável por auxiliar na passagem de informações entre neurônios. Portanto, o descanso adequado é necessário para um melhor funcionamento do cérebro e gera um acréscimo na capacidade de armazenar memória.

Confira mais dicas para se dar bem no vestibular

Essa notícia não poderia ser melhor para os vestibulandos. Por meio das técnicas sensoriais do ASMR, é possível entrar em um estado de sono mais rápido e obter o período de 6 a 8 horas de sono primordial para o repouso do corpo. Ao começar o dia com as energias renovadas, sua mente estará muito mais disposta a aumentar o nível de concentração na hora dos estudos.

Pausa entre os estudos

(Fonte: Giphy)

Sabe quando você está lendo uma página de um livro e, ao chegar no fim, percebe que tinha ligado o "piloto automático" e não absorveu nenhum conteúdo? Isso é um sinal de seu cérebro pedindo uma leve pausa antes de poder dar o seu máximo de concentração.

Ao dedicarmos muito tempo exercendo a mesma função, nossos índices de atenção caem. Por isso, é importante que, de hora em hora, você dê uma pequena pausa para descontrair e liberar o estresse acumulado. Durante esse período, uma dica é assistir aos vídeos de ASMR para que seu corpo solte a tensão dos diversos minutos focados nos estudos e volte a se sentir melhor.

Concentração antes das provas

(Fonte: Giphy)‌‌

Entrar em uma sala de provas relaxado pode ser o diferencial para o seu resultado. Tendo em vista que o ASMR ajuda a aumentar os níveis de relaxamento, por que não experimentar a técnica antes do horário dos testes? Assim, você se colocará em uma posição mais tranquila, e seu cérebro estará focado.

Gostou desse conteúdo? Entenda como funciona o vestibular do Mackenzie