Dar atenção à vida escolar dos filhos é responsabilidade dos pais, é um compromisso que vai impactar toda a jornada escolar dos pequenos. Por isso, é importante que a instituição de ensino fomente a aproximação entre pais e professores. Um dos caminhos para isso é aprimorar as reuniões de pais.

Durante um ano letivo, são recomendadas ao menos três reuniões entre os pais e os professores. Conheça um pouco mais sobre esses encontros e saiba por que são uma ponte importante entre todos os envolvidos. Garantir o sucesso desses momentos significa garantir a qualidade do ano letivo dos alunos.

1. Apresentação

Sintonizar pais e professores é a principal razão da primeira reunião do ano letivo. (Fonte: Shutterstock)

A primeira reunião deve ocorrer antes mesmo do início das aulas: essa é a hora em que os professores se apresentam e formam vínculo com a família (tão importante durante o ano letivo).

É o momento também em que os pais podem relatar aos professores um pouco da realidade do aluno: se ele está em acompanhamento com algum médico, se apresenta alguma alergia ou se encontrou dificuldades nos conteúdos dos anos anteriores.

2. Acompanhamento

As reuniões de acompanhamento são importantes para tirar dúvidas sobre o desenvolvimento das crianças. (Fonte: Shutterstock)

Ao final de cada etapa (bimestre ou trimestre, a depender da escola), deve-se chamar os pais para uma reunião de acompanhamento. É hora de apresentar como está o desenvolvimento escolar de seus filhos em cada componente curricular, b.

Em casos assim, podem haver, inclusive, mais reuniões de acompanhamento com o corpo pedagógico. Além das ordinárias, a cada fim de ciclo, os problemas cotidianos podem justificar um diálogo mais constante. Mau comportamento, dificuldade no aprendizado, atrasos e esquecimentos são elementos que podem ser resolvidos com o estreitamento das relações entre pais e professores.

3. Fechamento

Após 1 ano de aprendizado, chega o momento em que pais, alunos e professores celebram mais uma etapa trilhada. (Fonte: Shutterstock)

Ao fim do ano, a escola deve fazer outra reunião: para pais e professores fazerem juntos um balanço da qualidade do ano escolar e conversarem sobre isso. Principais sucessos e também problemas podem ser apontados para que nos anos letivos seguintes os alunos sejam acompanhados de acordo com seu desenvolvimento pedagógico.

Na maior parte dos casos, esse é também um momento de comemoração. Passar de ano significa que o aluno concluiu satisfatoriamente as metas apresentadas pelo corpo pedagógico. Vale a pena engajar a família nesse processo de início de férias e mostrar a importância de cada fase concluída. O fechamento do ano pode ser um momento de celebração inesquecível, com boas lembranças para pais e filhos, bem como de realização para os professores da escola.

Fonte: Sistema Mackenzie de Ensino na Prática.

Já conhece o Sistema de Ensino Mackenzie? Veja nossa proposta