Eficiência é, inegavelmente, uma das maiores exigências do mercado brasileiro, que é bastante competitivo. Diante desse contexto, procuram-se recursos, técnicas e estratégias para encarar as exigências e os desafios dos negócios, com o objetivo de tornar a empresa mais eficiente e competitiva. Uma dessas opções é o BPO.

O que é BPO?

(Fonte: Tenor)

BPO é uma sigla para Business Process Outsourcing, ou, simplesmente, Terceirização de Processos de Negócios, que ainda é encarado com certo receio pelas pequenas e médias empresas brasileiras, devido à carência de conhecimentos sobre seus benefícios.

Trata-se de um processo que faz referência aos procedimentos aplicados quando uma determinada empresa contrata outra para a realização de atividades dentro de uma área relevante para o negócio, mas que não se constitui na atividade-fim da empresa-contratante.

Em outras palavras, nesse processo de terceirização uma companhia acredita que precisa dedicar maior tempo e esforço à sua atividade prioritária. Uma empresa na área de robótica, por exemplo, obviamente foca em construir soluções em automatização. Por isso, pode contratar outra para cuidar de atividades administrativas e jurídicas, poupando tempo, dinheiro e recursos humanos.

Quais são os benefícios dessa estratégia?

(Fonte: Tenor)

Geralmente, uma empresa realizará a contratação de atividades que não fazem parte do foco prioritário de atuação. Isso quer dizer que, ao usar o BPO, ela contará com especialistas que não pertencem ao negócio, para lidar com áreas menos sensíveis nos resultados. Enquanto uma empresa se concentra no aumento da produtividade, na diminuição de custos ou na elevação dos lucros, uma terceira pode tomar contra de outras questões.

Quando são terceirizadas atividades para profissionais com maior qualificação, preparo e experiência em certos setores da organização, é bastante provável que a imagem dela perante o mercado melhore de forma significativa. Afinal, quando se delega uma tarefa a alguém que é especialista naquele assunto, a tendência é obter resultados maiores e melhores.

Além disso, fica muito evidente o quanto a organização de processos é aprimorada. Os gestores e a companhia como um todo começam a ter um maior domínio das coisas, e a eficiência na execução de todos os processos aumenta de maneira bastante expressiva.

Ainda que possam ocorrer alterações e mudanças diversas, assim como frequentes atualizações, a companhia estará devidamente preparada para atender a todas as demandas e necessidades, sempre com muita qualidade e eficácia.

Quais são os impactos disso na organização?

(Fonte: Tenor)

O BPO garantirá que a performance da companhia como um todo cresça vertiginosamente, proporcionando maiores vantagens competitivas e capacidade de atender às elevadas exigências do mercado. Os impactos dessa estratégia na organização são os seguintes:

  • Otimização de tempo
(Fonte: Tenor)

Quando uma empresa repassa certos serviços para outra, os funcionários têm um tempo maior para se dedicarem mais às atividades principais. Além disso, a qualidade do trabalho sobe de nível e o ambiente fica mais leve, pois já não é mais tão sobrecarregado.

  • Redução de custos
(Fonte: Tenor)

É possível trocar os custos fixos com colaboradores por custos variáveis, segundo a demanda de serviços, pagos mês a mês. Em outras palavras, economiza-se com encargos trabalhistas, treinamentos, concessão de benefícios, bem como com contratação e demissão de funcionários.

Confira mais dicas para potencializar sua carreira!

Quer potencializar sua carreira? Comece uma pós-graduação no Mackenzie!