Conciliar trabalho e estudos até pode ser um desafio, mas quem está nessa situação e gosta das duas coisas sabe o quanto vale a pena se esforçar para manter um emprego ao mesmo tempo que faz uma pós-graduação, por exemplo.

Diante dessa jornada, você precisa manter um bom desempenho nos dois mundos, equilibrar os interesses. Isso é possível, mas exige foco e dedicação.

Com pequenas dicas e algumas mudanças no seu cotidiano, o seu dia pode fluir de forma mais simples e render em ambas as atividades. Conheça a seguir algumas delas.

Crie uma rotina

O começo dessa dupla jornada pode até parecer complicado, mas é importante passar as primeiras semanas e estabelecer uma rotina bem definida das atividades, de preferência com horários fixos, um calendário em longo prazo e um cronograma de tarefas que precisa ser seguido de forma disciplinada.

Estabeleça um horário certo para começar e terminar de estudar. Defina também quais são as matérias do dia ou quais tarefas terão a sua atenção naquele momento. Ao mesmo tempo, defina um tempo livre para esfriar a cabeça ou um dia sem aulas para você dedicar ao lazer.

(Fonte: Giphy)

Traçar metas também é uma boa estratégia, já que isso faz com que você se empenhe ainda mais para cumprir os objetivos — e ter a sensação boa ao ver uma lista de conquistas no fim de uma etapa.

Faça uma pausa

Acabou o expediente e você vai direto para a sala de aula, ou vice-versa? Essa correria pode ser prejudicial para o seu desempenho, além de deixar você cansado no final do dia. Porém, fique tranquilo, pois há maneiras de contornar isso!

Procure fazer uma pausa entre essa troca de atividades para aguentar o ritmo e manter-se concentrado. Uma breve distração é o suficiente para você "virar a chave", se desconectar do que estava fazendo antes e relaxar um pouco antes de ficar horas focado novamente.

(Fonte: Giphy)

Essas atividades podem incluir fazer uma refeição, praticar atividades físicas, bater um papo com os colegas, ver televisão ou outras práticas que fazem você se sentir melhor e mais relaxado. Até mesmo só descansar ou tirar um cochilo rápido está valendo.

Avise chefe e professores

Estava trabalhando e vai começar a estudar ao mesmo tempo? Ou conseguiu um emprego no meio do semestre? Em ambos os casos, é importante avisar a pessoa responsável — seja o chefe ou o professor encarregado da orientação acadêmica — sobre a sua dupla jornada.

Isso faz com que os dois lados sejam compreensivos no caso de pequenos atrasos, por exemplo, além de permitir flexibilizações. Para muitas empresas, é um privilégio manter no quadro de colaboradores um funcionário que se dedica aos estudos, e isso pode ser inclusive incentivado.

(Fonte: Giphy)

Por outro lado, instituições de ensino compreendem a sua decisão de não se dedicar exclusivamente aos livros, e você pode ter a opção de se comprometer com atividades que aconteçam apenas no seu período livre.

Absorva o melhor dos dois mundos

Os setores dos seus estudos e negócios podem ser bem diferentes entre si, mas é possível usar as principais qualidades adquiridas de um desses universos no outro — e se destacar duplamente por isso.

No ambiente de trabalho, use o vocabulário aprendido nas leituras para se comunicar com os colegas e clientes, aplique métodos de análise, tenha senso crítico para tudo e, por ter adquirido o hábito da leitura, devore obras e documentos relacionados com o emprego.

Mercado-trabalho
(Fonte: Giphy)

Já no momento das aulas, aplique o senso de organização nos estudos que foi adquirido no escritório durante o expediente. Além disso, mantenha o foco nas explicações ou nas produções acadêmicas, assim como você faz durante reuniões importantes.

Planeje em longo prazo

Nem todos os semestres na pós-graduação são iguais — e você pode se beneficiar muito por planejar com antecedência para evitar surpresas indesejadas. Confira quais são as aulas e tarefas dos meses seguintes: você pode ter menos aulas ou então precisar se dedicar a trabalhos finais que vão exigir mais do seu tempo.

Pós-Animo
(Fonte: Giphy)

Assim, você já sabe com antecedência se vai se dedicar ainda mais aos estudos, flexibilizar o horário do expediente ou ter mais tempo livre para aproveitar durante o dia.

Não desista!

Essa dica pode parecer básica, mas é importante evitar qualquer forma de desânimo. O cansaço bateu? Descanse. Os prazos estão apertados? Organize-se ou negocie com os responsáveis. O importante aqui é não se dar por vencido e manter a cabeça erguida.

manter o animo na pós
(Fonte: Giphy)

É possível conciliar emprego e estudos, e você é duplamente recompensado quando conseguir unir as duas coisas. Afinal, posicionar-se no mercado de trabalho já é uma vitória, e fazer isso enquanto aumenta os próprios conhecimentos, contribui para a produção científica e se torna ainda mais qualificado é algo de que se orgulhar.