Uma carreira internacional é o sonho de milhares de pessoas e pode ser a sua realidade. Morar em outro país, conhecer novas culturas e falar um idioma diferente não são ambições que precisam ficar apenas no mundo das ideias. Fazendo um bom planejamento, conhecendo o mercado e preparando o seu currículo você pode chegar muito longe.

Buscando ajudá-lo nesse caminho, preparamos algumas dicas para que você consiga alcançar os seus objetivos e construir esse futuro. Confira:

1. Busque as melhores oportunidades para a sua área

(Fonte: Pixabay)

Às vezes sonhamos em morar em determinado país, mas a carreira que escolhemos seguir pode nos levar para outras direções. É importante saber quais lugares do mundo oferecem as melhores oportunidades para a sua área, incluindo plano de carreira, salários e benefícios como férias, licença-maternidade ou paternidade, plano de saúde e odontológico, entre outros.

Países com muita demanda para algum tipo de mão de obra que a própria população não consegue suprir dão mais chances para que imigrantes consigam empregos e apoio com facilidade. Mas, para que isso aconteça, você precisa se diferenciar.

2. Especialize-se

(Fonte: Pixabay)

Para conseguir se destacar entre milhares de candidatos de diversos lugares do mundo, você precisará oferecer algo a mais, seja um conhecimento que poucas pessoas têm, seja alguma experiência diferente. Será necessário encontrar alguma forma de mostrar para as empresas que você não apenas está apto mas também merece a posição desejada.

Cursos de pós-graduação e até mesmo mestrados podem ser aquele “empurrão” que o seu currículo precisa para conseguir se sobressair. Conheça a fundo o mercado em que você está entrando, para sempre estar um passo à frente.

3. Aprenda a língua e a cultura

(Fonte: Pixabay)

Depois de definir em qual país você gostaria de trabalhar, chega o momento de aprender a falar o idioma local. O inglês é universal, mas se o destino escolhido tiver outra língua principal você terá que sair da sua zona de conforto e aprendê-la. Cursos tradicionais de idiomas são ótimos para conhecer a gramática, mas a melhor forma de aprender o vocabulário é lendo e conversando, então busque falantes nativos da língua e pratique bastante.

Para melhor se integrar em uma sociedade diferente da nossa, precisamos buscar compreendê-la ao máximo, o que inclui costumes, tradições, pratos típicos, música, literatura, etc. Mergulhe a fundo na cultura do seu destino e procure entender como as pessoas vivem por lá, pois isso facilitará a sua vida e o ajudará a transmitir confiança e credibilidade em entrevistas de emprego, por exemplo.

4. Construa a sua rede de contatos

(Fonte: Pixabay)

Ter uma boa indicação para um cargo pode ser muito mais valioso do que o currículo perfeito, já que significa que existe alguém que o conhece e, acima de tudo, confia no seu trabalho e no seu potencial. Mantenha um bom relacionamento com chefes e colegas de trabalho, além de frequentar eventos e cursos da sua área.

Nesse caso, não há espaço para a timidez: converse com as pessoas, demonstre seu conhecimento quando tiver oportunidade, entregue cartões de contato e não hesite em convidá-las para um café. Quanto maior for a sua rede de contatos ou network, maior será a chance de alguém indicar seu trabalho para uma oportunidade interessante.

5. Planeje seu caminho desde já

(Fonte: Pixabay)

Uma boa forma de abrir espaço para uma carreira internacional é buscar empregos em multinacionais aqui no Brasil. Nessas empresas, você poderá dar os primeiros passos para construir a sua reputação, além de tentar conseguir transferências para sedes em outros países — ainda que temporárias — adquirindo experiência internacional.

Mesmo que não consiga uma transferência para outro país, você terá a oportunidade de fazer conexões valiosas com pessoas que podem dar boas referências suas para empresas no exterior. Ademais, uma experiência em uma multinacional faz com que o seu currículo fique mais robusto e pode aumentar a sua credibilidade.

6. Faça um intercâmbio ou voluntariado internacional

(Fonte: Pixabay)

O meio mais fácil de adquirir experiência internacional é fazendo um intercâmbio. Seja apenas para aprimorar um idioma, seja como parte de sua graduação ou pós-graduação, o intercâmbio abre as portas para que você entenda como é viver em outro país e possa aumentar a sua rede de contatos. Busque programas em países nos quais você também pode trabalhar, pois dessa forma já terá uma experiência profissional internacional em seu currículo.

Outra opção é o voluntariado internacional. Existem diversos programas desse tipo, em que você pode fazer o bem em partes do mundo que precisam de ajuda ao mesmo tempo que adquire experiência e estabelece contatos. Essa atividade também conta muitos pontos positivos em alguns países, então leve isso em consideração.

7. Prepare-se com antecedência

(Fonte: Pixabay)

A partir do momento em que você decidir em qual país quer trabalhar, para além do idioma e da cultura, você precisa saber como funciona o processo de imigração. As regras e modalidades variam muito de lugar para lugar e é importante se preparar para providenciar toda a documentação necessária, além de arcar com os custos dela.

Algumas coisas que você precisa ter em mente são: qual é o tipo de visto de que você precisa e quais documentos são necessários para isso; tradução juramentada e revalidação de diplomas e certificados; e quais vacinas são exigidas para a entrada no país. Tudo isso pode ser pesquisado com bastante antecedência nos sites das embaixadas, evitando contratempos e dores de cabeça futuras.

Está preparado para esse desafio?